Governo do Tocantins investiu mais de R$ 120 milhões na saúde em Araguaína desde 2023

Entrega de obras, cirurgias, serviços especializados, leitos intensivos e a construção do HGA estão entre os destaques

Publicado em: 05/02/2024 19:50:00

Compartilhar com:

Foto: Tomaz Neto/Governo do Tocantins - Hospital Geral, já com 60% das obras concluídas


O Governo do Tocantins tem concentrado esforços significativos para melhorar o atendimento e a infraestrutura na área da saúde em Araguaína. Diversas iniciativas estão em andamento, visando oferecer atendimento de qualidade e ampliar a capacidade de cuidados à população. A cidade já recebeu, desde o início de 2023, da gestão estadual, mais de R$ 120 milhões, proporcionando uma melhoria significativa na saúde pública da região.


"Estamos comprometidos em proporcionar um atendimento de qualidade à população, investindo em infraestrutura e modernização nas nossas unidades de saúde na cidade de Araguaína. As ações em andamento sinalizam que avançamos muito, para levar bem-estar não somente para a comunidade araguaiense, mas para uma boa parcela da população tocantinense que vive na região. Uma saúde de qualidade que também atende municípios de outros estados, como o Pará e o Maranhão", expressou o governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa.


Hospital-Geral de Araguaína


Uma das principais frentes de atuação do Governo do Tocantins, na região norte do Estado, é a construção do Hospital-Geral de Araguaína. Com 60% das obras concluídas, foram investidos em 2023, cerca de R$ 57 milhões. Projetado para atender com excelência às demandas de saúde da região, o hospital contará com 400 leitos, distribuídos estrategicamente para diversas especialidades. Serão 120 leitos para clínica médica, 87 para cirurgia, 70 para ortopedia, 11 para psiquiatria, 2 para obstetrícia, 2 para pediatria, 28 para especialidades diversas, 60 para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 20 para Unidades de Cuidado Intermediário.


Cirurgias Eletivas e outros procedimentos


O valor investido também compreende a parceria com o Poder Municipal, com o pagamento de cirurgias cardíacas pediátricas e o aluguel do prédio onde funciona o Hospital Municipal de Araguaína (HMA) – doutor Eduardo Medrado, onde foram investidos mais de R$ 7 milhões em 2023. As ações do Governo do Tocantins possibilitaram ao HMA, ser habilitado pelo Ministério da Saúde (MS), em junho do ano passado, e a receber o selo Acreditação Qmentum Internacional e, nacionalmente, reconhecida como a 22ª melhor unidade de saúde do país.


A gestão estadual também intensificou a realização de cirurgias eletivas em Araguaína. Houve o incentivo de equipes, por meio do Programa de Aprimoramento de Gestão Hospitalar (PAGH Cirúrgico), conhecido como Opera Tocantins, para a realização desses procedimentos. Isso possibilitou que mais de 1.200 pessoas fossem atendidas em 2023. Além desta produção, a Gestão Estadual mantém convênio com o Hospital Dom Orione (HDO), onde são ofertados os serviços de maternidade e cirurgias eletivas especializadas e, só em 2023, foram pagos mais de R$ 53 milhões.


Entrega da Unacon e outros investimentos em saúde


No ano passado, o Governo do Tocantins concretizou a entrega da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) em Araguaína, um investimento de mais de R$ 5 milhões. O espaço oferece 15 leitos de quimioterapia, oito consultórios médicos para atendimentos em mastologia, ginecologia, cabeça e pescoço, cirurgia e dermatologia oncológica, além de quatro leitos de hospitalização e centro cirúrgico com duas salas.


Modernização e expansão das estruturas existentes


O compromisso com a melhoria contínua reflete-se na recente reforma da UTI do Hospital Regional Araguaína que, agora, conta com 20 leitos, proporcionando um ambiente mais adequado para o tratamento intensivo. Além disso, a ala psiquiátrica do mesmo hospital foi renovada, agregando 10 leitos especializados.


Central Regional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos



Secretário de Estado da Saúde, Carlos Felinto, enfatizou o zelo do Governo do Tocantins pelo fortalecimento do Sistema Único de Saúde, com investimentos em diversos serviços e parcerias 

O fortalecimento da infraestrutura para a gestão de imunobiológicos também está em destaque. O projeto para a construção da Rede de Frio em Araguaína, uma Central Regional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, encontra-se em fase de licitação. O espaço ampliado contará com uma câmara fria e refrigerada, cobrindo uma área de 447 m². Essa iniciativa visa otimizar a logística de armazenamento de vacinas, soros e imunoglobulinas, garantindo a eficácia da distribuição desses insumos essenciais para a saúde pública.


Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Felinto, a gestão estadual tem investido na área da saúde em Araguaína e em todo o Estado. "O Governo do Tocantins tem zelado pelo fortalecimento do Sistema Único de Saúde, em todos os 139 municípios, com incentivos financeiros, apoio técnico e várias parcerias, para que a saúde pública seja cada dia mais regionalizada e a população tenha acolhimento perto de suas casas. Com Araguaína não é diferente, são milhões investidos todos os anos, para a prestação de serviços de terapia intensiva; cirurgias cardíacas pediátricas, uma parceria com o município, desde 2019, em que a gestão estadual já repassou mais de R$ 8 milhões, inclusive responde pelo aluguel do hospital municipal da cidade. Aliado a isso, temos a estruturação de serviços de oncologia, o Hospital Regional de Araguaína; o Serviço Especializado em Reabilitação; o Centro de

Atenção Psicossocial; a Assistência Farmacêutica; o Laboratório Central de Saúde Pública; o Centro de Distribuição de imunizantes e as obras do Hospital-Geral de Araguaína, que seguem a todo vapor", afirmou, acrescentando que "isso mostra que o governador Wanderlei Barbosa sempre olhou para a população de Araguaína, com humanização, cuidado e tem nos exigido um trabalho cada dia melhor, para levar bem-estar a todos da região".