Caranha de Natal.

Publicado em: 04/12/2023 09:48:00

Compartilhar com:

Foto: Divulgação


*Por Roberto Jorge Sahiaum 

 

Mas, em nome da saúde, o povo de hoje quer comer muito, comidas de qualidade e aquela não engordante. Criar barriga, então, nem pensar! Todas e todos querem estar bem na selfie e exibir imagem de feitura formosa. Manter a forma é o juízo antecipado, feito no altar da existência.

 

Importunando e fazendo a pergunta:  Você já elegeu os pratos para a sua ceia de Natal e fim de ano?

 

O brasileiro é um povo sortudo, tem matula para todas as cobiças! Levando prol ado da ceia de Natal e Fim de Ano, deságua várias opções e o cardápio é abastado, sendo o peru, o bruster, o chester, o frango caipira, a leitoa assada algumas das provisões priorizadas nestas datas.

 

Caranha assada de Natal? Sim senhor e/ou senhora!

 

É uma prima escolha, como dezembro passa correndo, o bem planejar mormente com antecedência, tem suas virtudes, e virtude de poder comer muito nas festanças e obter saúde.

 

A caranha assada não tem competidores, além de prato autêntico de origem do território tocantino, possui reputação de suas características em termos de propriedades culinárias.

 

Outro feito da escolha desta iguaria é por conta de ser natural do Rio Tocantins, de fácil captura, apresenta bom resultado de arcabouço com cerca de 75% de carne clara, suculenta, sabor suave, e largamente produzida em criames comuns no Estado do Tocantins adentro.

 

Provavelmente a tradição de comer caranha assada, principalmente no Natal vem lá ainda no século 19 d.C., era matula certeira dos ribeirinhos e barqueiros que zanzavam no Rio Tocantins.

 

Recomendado para ser consumido assado na grelha em folha de bananeira ou alumínio, sempre em fogo baixo, temperos e suas variedades a gosto não têm adversários.

A Caranha do Tocantins, batizado em Tupi é Ka´rãna e cientificamente de Piaractus brachypomus, pertence à família dos pacus e do tambaqui.

 

*Roberto Jorge Sahiaum é engenheiro agrônomo raiz, membro da Academia de Letras da Assistência Técnica e Extensão Brasileira.