Vacina contra o HPV passa a ser em dose única e inclui nova categoria

Publicado em: 03/04/2024 11:44:00

Compartilhar com:

Foto: Regiane Rocha/Secom Palmas


A partir desta quarta-feira, 3, a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas (Semus) adota uma nova estratégia de vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV), com a aplicação do imunizante em dose única para pessoas do sexo feminino e masculino de 9 a 14 anos de idade. A mudança, que segue recomendações do Ministério da Saúde, substitui o esquema vacinal deste público, ofertado em duas aplicações, e também contempla a busca ativa de jovens até 19 anos, com esquema anterior incompleto (uma dose), além de incluir pessoas portadoras de papilomatose respiratória recorrente (PRR) como grupo prioritário.


Este novo grupo foi incluído em caráter especial de vacinação contra o HPV. Neste caso, pessoas portadoras de PRR de 09 a 45 anos de idade deverão realizar a solicitação de imunobiológico especial em sua unidade de saúde de referência. O esquema completo para este último público é de três doses. 


A Semus esclarece que a alteração não compromete a eficácia da vacina e facilitará o alcance do público-alvo, consequentemente, a proteção contra o câncer de colo do útero, ânus, pênis e outras complicações associadas ao vírus. A alteração não se aplica aos imunossuprimidos e vítimas de violência sexual. Neste último caso, pessoas de 9 a 45 anos vítimas de violência, e que que tenham sido totalmente vacinadas com a HPV4, não precisam de doses adicionais. Aqueles com esquema incompleto, ou não iniciados, devem receber as doses restantes para completar o esquema recomendado (três doses, com a 2ª dose após 2 meses da 1ª e a 3ª dose após 6 meses da 1ª).


Sobre a vacina


A vacina HPV quadrivalente faz parte do Calendário Nacional de Vacinações do Brasil e protege contra os tipos virais de HPV 6, 11, 16 e 18. Em Palmas, o imunizante está disponível em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs), das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.