Vanda Monteiro repudia casos de feminicídio e pede aprovação de PL para monitorar de agressores

A parlamentar destacou que a medida é de extrema importância para garantir a vida das tocantinenses vítimas de violência

Publicado em: 02/04/2024 16:16:00

Compartilhar com:

Foto: Divulgação/Ascom


A deputada estadual Vanda Monteiro (UB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira, 2, para repudiar casos de feminicídio no Tocantins. A parlamentar se solidarizou à família da jovem Marcilene Alcântara, de 23 anos, morta a facadas, no último final de semana, pelo seu ex-companheiro. Marcilene tinha a seu favor uma medida protetiva.


Em sua fala, Vanda Monteiro, que é também presidente da Comissão de Direito da Mulher, lembrou que tramita nas Comissões um Projeto de Lei, de sua autoria, que dispõe sobre o monitoramento eletrônico de agressores. A parlamentar destacou que a medida é de extrema importância para garantirmos a vida das nossas tocantinenses vítimas de violência doméstica e família.


Vanda Monteiro pediu que os demais colegas de parlamento votem a favor do Projeto de Lei e que o governador sancione o PL. Vanda finalizou suas palavras lembrando que o Tocantins foi incluído, no final de 2023, na lista de Estado que receberá recursos do Governo Federal para a compra de tornozeleiras eletrônicas para o monitoramento, exclusivo, de agressores de mulheres.