Dimas participa de sabatina com entidades e leva multidão em comício na última noite de campanha no 1° turno em Araguaína

  • 30/Sep/2022 11h00
    Atualizado em: 30/Sep/2022 às 11h10).

Candidato garante que vai concluir hospital regional e acabar com complementação de alíquota do ICMS

O candidato a governador Ronaldo Dimas (PL-MDB-Podemos) concluiu a última agenda no fechamento da campanha do primeiro turno em Araguaína. No auditório da Faculdade Católica, Dimas foi recebido com grande público formado por alunos e professores da instituição para uma sabatina.

O evento foi promovido pela Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), Sindicato Rural e a própria Faculdade Católica e Colégio Santa Cruz. Ronaldo Dimas recebeu reivindicações das entidades como exclusão definitiva da complementação da alíquota do ICMS, um velho problema enfrentado pelas empresas no Tocantins.

"A gente paga duas vezes. Em muitos casos, a mercadoria nem chegou e o empresário é obrigado a pagar essa complementação no Tocantins. Isso deixa tudo mais caro e o negócio mais difícil", disse Denilson Silva, presidente da Aciara.

Ronaldo Dimas se comprometeu em fazer uma nova política tributária e zerar a complementação da alíquota do ICMS para fomentar a economia através do apoio às empresas. Dimas também afirmou que a reformulação da política tributária do Tocantins terá a participação ativa da classe empresarial, assim como foi feito em sua gestão na prefeitura de Araguaína.

Comício com grande festa

Após a sabatina, o candidato foi recebido por uma multidão na Praça Das Bandeiras no último comício antes da votação do primeiro turno. Com palanque lotado de lideranças e autoridades de Araguaína e várias cidades da região, Ronaldo Dimas lembrou do momento crucial que o tocantinense precisa entender.

"Domingo será um dos dias mais importantes para todos nós. Quem está aqui é que faz parte da verdadeira mudança. O lado de lá é a mesma coisa do outro que saiu pela porta dos fundos. Peço a consciência de todos vocês na hora do voto. O Tocantins não admite mais erros", disse.

Ronaldo Dimas também lembrou das promessas não cumpridas em tempos de campanha como a construção do Hospital Geral de Araguaína. "O governo tampão disse que vai entregar a primeira etapa ainda este ano. Isso é mentira! Eu sou engenheiro e sei o que estou falando. É impossível essa conclusão em um ano, um ano e meio. Eu vou entregar essa obra com planejamento e compromisso. O que fizemos pela saúde em Araguaína é a prova real do que virá pela frente em nosso governo", comentou.

Parceria permanente com os municípios

O candidato também lembrou de como pretende apoiar os municípios tocantinenses seguindo o mesmo modelo de gestão enquanto prefeito de Araguaína que contemplava parcerias, principalmente com a iniciativa privada.

Além do repasse de 2,5% do orçamento do Estado (cerca de R$ 350 milhões por ano) diretamente para as prefeituras de forma proporcional, Dimas afirmou que pretende implementar políticas no setor educacional e na geração de emprego e renda para fomentar a economia, especialmente nos municípios menores.

O candidato mostrou força e crescimento nas pesquisas nas últimas semanas e o comício que arrastou multidão na última noite antes da eleição sinaliza a tendência de segundo turno para o governo do Tocantins. (Da Assessoria)