Tocantins tem a quarta menor taxa de desocupação do país, segundo IBGE

  • 16/Aug/2022 12h02
    Atualizado em: 16/Aug/2022 às 12h09).

Ao comparar a última Pnad com o mesmo período do ano passado, o Tocantins registrou menos 74 mil desocupados.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), que é realizada trimestralmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o Estado do Tocantins registrou no segundo trimestre de 2022 uma população economicamente ativa de 783 mil pessoas, 12 mil a mais que no trimestre anterior.
Ao comparar o primeiro e segundo trimestre de 2022 percebe-se um aumento de 16,22% na população ocupada do Tocantins. Isso equivale a um crescimento de 620 mil para 740 mil pessoas ocupadas sendo 120 mil pessoas a mais na força de trabalho.

Segundo a gerente do Observatório do Trabalho no Tocantins, Wilany Bezerra, se o crescimento de ocupados de um trimestre para o outro foi animador esse número se torna ainda mais surpreendente quando a comparação é de um ano para o outro. “Ao comparar o segundo trimestre de 2022 com o mesmo período de 2021, percebe-se uma diminuição de 172,09% na população desocupada, correspondendo a 74 mil pessoas desocupadas a menos no prazo de um ano”, comenta a gerente.

Para o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Zorivan Monteiro, os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e da Pnad tem mostrado a franca recuperação da economia estadual e traz boas expectativas tanto para o mercado de trabalho quanto para as questões sociais do Tocantins. “Essa diminuição tão expressiva do desemprego em nosso Estado é fruto de muitos esforços conjuntos e nosso desejo é que seu resultado mais relevante seja a melhoria na qualidade de vida das famílias tocantinenses”, pontuou o gestor.

Vale lembrar que para o IBGE população economicamente ativa é aquela empregada ou que possui condições de trabalhar e que realiza algum esforço para isso (desempregada a procura de emprego). A população ocupada refere-se aos que possuem algum ofício em um período de referência, sendo esse ofício remunerado, não remunerado, por conta própria ou como um empregador; e a população desocupada é o grupo de pessoas que não possuem emprego e que estão aptas a trabalhar, tendo realizado algum mínimo esforço para tal.

Características da População Ocupada no Tocantins

A população ocupada no Tocantins no segundo trimestre de 2022 é de 740 mil trabalhadores. Os trabalhadores por conta própria representam a maior fatia de ocupados com 183 mil pessoas, o que corresponde a 37% da força de trabalho do Estado.

No Setor Privado, a estimativa é que existam 49 mil pessoas. A população de trabalhadores domésticos é de 49 mil pessoas. Os trabalhadores no setor público são 176 mil pessoas (Inclusive Servidor Estatutário e Militar) e os empregadores somam uma população de 27 mil pessoas.

Taxa de desocupação Brasil – Tocantins - Palmas

No Brasil, a taxa de desocupação foi de 9,3%, que representam 10.080.000 trabalhadores que estão sem emprego ou procurando por emprego. Em relação a taxa de desocupação no trimestre anterior foi 11.949.000, houve uma variação de 15,6% pontos percentuais.

No Tocantins, a taxa de desocupação foi de 5,5%, o que significa cerca de 43 mil trabalhadores. Em relação ao mesmo período no trimestre anterior, em que a taxa desocupação foi 71 mil trabalhadores, houve redução de 39,6% p.p.

No município de Palmas, a taxa de desocupação foi de 6,1%, o que significa que cerca de 11 mil trabalhadores estão sem emprego ou procurando por emprego.

Tocantins no ranking nacional

De acordo com o IBGE – Pnad Contínua – 2º trimestre/2022, no ranking nacional por estado, o Tocantins obteve a 4º menor taxa de desocupação do país. Já no ranking por capitais, Palmas alcançou a 3º menor taxa de desocupação no segundo trimestre de 2022.