São Salvador recebe equipe da Adetuc para realização do processo de Inventariação turística e cultural

  • 25/Nov/2021 13h48
    Atualizado em: 25/Nov/2021 às 13h51).

Inventariação turística possibilita o mapeamento e a identificação dos atrativos turísticos e culturais com potencialidades ainda não reconhecidas

O município de São Salvador, distante 416 km de Palmas, na região sudeste do Tocantins, está sendo visitado esta semana pela equipe da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), para a realização do processo de inventariação dos atrativos turísticos e culturais do município. Os trabalhos contam com apoio da Prefeitura da cidade. As visitas ocorrem em municípios que compõem as sete regiões turísticas do Estado, a exemplo da região de Serras Gerais, Encantos do Jalapão, Vale dos Grandes Rios e Serras e Lagos, ilha do bananal e cantão.

O inventário da oferta turística e cultural é um processo de levantamento, identificação e registro de atrativos turísticos e cultural, dos serviços, equipamentos turísticos, e da infraestrutura de apoio ao turismo como instrumento base de informações para fins de planejamento e gestão da atividade.

A inventariação turística possibilita o mapeamento e a identificação das cidades históricas com potencialidades ainda não reconhecidas, ao mesmo tempo que reforça a vocação dos municípios com sítios históricos e culturais consagrados.

De acordo com o presidente da Adetuc, Hercy Filho, o trabalho de interação permitirá uma melhor gestão com ações planejadas com base nas informações coletadas. “ A ideia é possibilitar que o município faça um levantamento de sua infraestrutura e atrativos, objetivando reconhecer o que for passível de utilização para fins turísticos.
Nesse sentido, é possível basear-se em ações de planejamento, gestão, promoção e incentivo à comercialização do turismo a partir da adoção de uma metodologia-padrão para inventariar a oferta turística no Estado.

As informações coletadas durante o processo serão inseridas na Plataforma Integrada do Turismo (PIT), com a função de manter a interatividade com turistas de diversas localidades, além de ser uma importante ferramenta para a gestão e a promoção do turismo. Durante o processo de inventariação, técnicos e servidores das secretarias de Turismo dos municípios receberam orientações e formações sobre o uso e a atualização da plataforma.