Movimento pró Impeachment de Carlesse ganha força na Assembleia Legislativa

  • 24/Nov/2021 17h08
    Atualizado em: 24/Nov/2021 às 17h15).

Reunião na casa de Amélio Cayres reúne 17 deputados e Wanderlei para discutir processo

Movimento em prol do impeachment do governador afastado Mauro Carlesse (PSL) começa a ganhar força na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto). Nessa terça-feira, 23, 17 deputados estaduais estiveram reunidos na residência do deputado Amélio Cayres (SD) em Palmas, para discutir o assunto, com a presença do governador interino Wanderlei Barbosa (sem partido).

Segundo o CT, além dos 17 deputados, o pedido contaria com o apoio de outros quatro parlamentares que não estavam na reunião.

Resistência

Mesmo que a proposta de impeachment tenha o apoio da maioria dos deputados, o processo só pode ser instaurado com autorização do presidente da Casa, deputado Antonio Andrade, que reiste à ideia. Durante a reunião os deputados indicaram uma comissão para conversar com o presidente e convencê-lo da importância do afastamento definitivo de Carlesse. Caso contrário, os deputados cogitam pressioná-lo a afastar por algumas sessões para que um dos dois vice-presidente autorize o processo. O primeiro-vice é Cleiton Cardoso (PTC), que estava na reunião, e o segundo vice é o deputado Léo Barbosa (SD), filho do governador Wanderlei.

Pressa

Diante da possibilidade do governador afastado conseguir uma liminar para reassumir o Governo, os deputados que fendem o impeachment têm pressa e querem começar o processo até semana que vem.