Dia Nacional da Consciência Negra tem programação especial em Palmas

  • 18/Nov/2021 17h44
    Atualizado em: 18/Nov/2021 às 17h51).

A Federação Tocantinense das Casas de Culto de Matriz Africana e Afro-brasileira do Tocantins (FECCAM/TO) realiza no sábado, 20, o ‘Axé e Consciência’, em celebração do Dia Nacional da Consciência Negra. O evento acontecerá no Parque Municipal da Pessoa Idosa Francisco Xavier de Oliveira, na Quadra 301 Sul, em Palmas.

A celebração é aberta ao público em geral e na ocasião haverá apresentações culturais e palestras conforme programação abaixo:

8h30 – Abertura

8h40 – Formação da Mesa

8h50Loane Milhomem - Apresentação musical para abertura das palestras.

9h às 9h30 – Gildener Sousa - Presidente da FECCAMTO, escritor, fundador e dirigente espiritual do Instituto Umbandista A Tenda do Caboclo e Membro do CEPIR - Conselho Estadual da Promoção da Igualdade Racial do Estado do Tocantins. Tema: Consciência Negra.

9h30 às 10h – Roberta Tum. Iyá Ifaloré Efuntola - Dirigente da Casa Branca da Serra. Tema: Consciência Ancestral - estamos todos interligados às nossas raízes.

10h às 10h30 - Prof. Drª Solange Nascimento - Doutora em educação pela Universidade Federal da Bahia. Professora da UFT e ativista dos direitos humanos. Tema: a definir

10h30 às 11h – Mestra Diamante - Apresentação de capoeira.

11h as 11h30 – Prof. Dr. Heber Rogerio Gracio - Doutor e mestre em Antropologia Social pela Universidade de Brasília. Tema: A importância dos saberes populares na medicina convencional.

11h30 às 12h – Pai Flavio de Oxum - Dirigente da Associação Espírita Guerreiros de Aruanda, Professor de dança, Coreógrafo e Cenógrafo. Pesquisador da cultura afro. Possui experiência na promoção de eventos culturais acerca da ancestralidade da Mãe África. Tema: AS YABÁS - dança africana.

12h às 12h30 - Felisberta Pereira da Silva “Dona Feliz’ - Mestra Suceira. Mulher, negra, neta de indígenas e quilombolas, conhecedora de remédios naturais na cidade de Natividade no Tocantins. Educadora popular. Tema: Vivência e as curas medicinais alternativas encontradas na natureza.

12h30 às 13h – Mãe Cleusa - Fundadora e dirigente da Tenda de Umbanda Cabocla Yara e Caboclo Boiadeiro. Na cidade de Santa Rosa do Tocantins. Tema: Vivência do povo de santo na cidade de Santa Rosa.

13h às 13h30 – Iyá Isa do Omo Layê Loyá Silé - Dirigente do Ilê Omo Silé. Tema: Resistencia do Candomblé no Estado do Tocantins.

13h30 às 14h – Gildener Sousa – Presidente da FECCAMTO. Federação de novas casas na FECCAMTO. Encerramento. Apresentação cultural da CURIMBA DA Tenda do Caboclo – Rito Final.