UniCatólica e Prefeitura de Lajeado abrem agendamentos para castração de cães da cidade

  • 18/Nov/2021 10h44
    Atualizado em: 18/Nov/2021 às 10h47).

Ao todo são ofertadas 40 vagas, sendo 20 para fêmeas e 20 para machos

O Centro Universitário Católica do Tocantins (UniCatólica) e a Prefeitura de Lajeado estão oferecendo 40 vagas para castração de cães das famílias de baixa renda do município, sendo 20 para fêmeas e 20 para machos. O agendamento deve ser realizado até o dia 20 de dezembro de 2021, os tutores interessados devem entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica por meio do telefone (63) 3519-1088.

O animal passará por um atendimento prévio para a realização de exames e, se selecionado, terá uma vaga garantida no procedimento que será custeado pelo UniCatólica e pela Prefeitura da cidade. Além disso, outros requisitos a serem avaliados serão o teste negativo para Leishmaniose e o comportamento do animal, levando em consideração que os tutores não poderão acompanhá-los durante a cirurgia que já teve início com alguns atendimentos na clínica veterinária da Instituição de Ensino Superior, localizada no Campus II, em Palmas. Conforme o UniCatólica, oito cães já passaram pelo procedimento e se recuperam bem em seus lares.

Durante a castração, os cães são atendidos por médicos veterinários e docentes do UniCatólica com a colaboração dos alunos do curso de Medicina Veterinária, oportunidade para aplicar os conhecimentos absorvidos nas aulas teóricas. O professor Isaac Avelino Pacheco, um dos responsáveis por conduzir os procedimentos, destaca as valiosas experiências que a ação proporciona aos acadêmicos.

“A iniciativa é muito interessante aos alunos porque faz com que eles possam realmente exercer na prática aquilo que está sendo ensinado na sala de aula. Então eles vão se capacitar mais, obter intimidade com processo cirúrgico, conhecer melhor a anatomia do animal vivo e se exercitar na parte de anestesia. É uma simbiose onde a comunidade ajuda o UniCatólica e vice-versa”, afirma o docente.

Segundo informações do médico veterinário de Lajeado, Severino Paulo Neto, o município possui atualmente mais de mil animais entre cães e gatos com tutores, e muitos vivem em contato direto com a rua sendo fundamental o controle de natalidade.

“É a melhor forma de ajudarmos esses animais, diminuindo as gestações indesejadas e as doenças sexualmente transmissíveis. Eu estou feliz em poder fazer parte dessa parceria da Prefeitura com o UniCatólica, é um projeto que tem causado um impacto positivo na sociedade lajeadense tanto quanto na acadêmica, tenho certeza de que com essa iniciativa, teremos profissionais de excelência no mercado”, disse acrescentando que os alunos estão tendo a oportunidade de lidar com questões de saúde pública, que é um ramo da Medicina Veterinária ainda pouco explorado e que tem crescido.

O Projeto

A iniciativa é fruto de um termo de cooperação técnica assinado no último dia 1º de setembro entre o UniCatólica e a Prefeitura de Lajeado, que tem como objetivo o desenvolvimento de projetos conjuntos que subsidiem as ações do Poder Público no cumprimento de suas atribuições nas áreas de Educação, Saúde, Meio Ambiente, Infraestrutura e Turismo, a partir da integração e incremento da qualificação profissional da comunidade acadêmica, com o foco na aplicabilidade do conhecimento técnico científico.