No Tocantins, mais de 123 mil pessoas ainda não tomaram D2 da vacina contra a Covid-19

  • 15/Out/2021 16h57
    Atualizado em: 15/Out/2021 às 17h00).

SES orienta população que ainda não retornou para completar o ciclo de imunização a procurar uma unidade básica para finalizar o processo

A pandemia da Covid-19 ainda não terminou, porém para que isso ocorra é necessário que a população seja totalmente imunizada e continue com as medidas de prevenção.

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde (SES), no Tocantins, 123.150 pessoas ainda não retornaram para tomar a segunda dose do imunizante contra à Covid-19.
A titular da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) da SES, Perciliana Bezerra, afirma que a população que não completou o ciclo vacinal prejudica as ações de combate à Covid-19. “Infelizmente, devido essas pessoas não retornarem para tomar os imunizantes, ainda temos pessoas internadas e até óbitos. Se chegássemos a 70% da população imunizada teríamos uma melhor expectativa de redução dos casos e de internações”, esclarece a gestora.

A SES tem orientado rotineiramente os municípios a realizarem buscas ativas da população faltosa, porém o número ainda continua alto e subindo. “A responsabilidade da imunização é do município, e desde o início da imunização contra a Covid-19, em janeiro deste ano, nós recomendamos às secretarias municipais de saúde a realizarem ações para vacinação de sua população, sabemos que a população não está colaborando, por isso conclamamos a todos que façam sua parte, a vacina está disponível”, afirma Perciliana Bezerra.