Mais de mil alunos aprendem sobre os perigos do bullying com apresentação teatral em Araguaína

  • 13/Out/2021 09h19
    Atualizado em: 13/Out/2021 às 09h28).

A peça trata sobre um grupo que se junta para fazer um trabalho da escola onde devem abordar através de uma peça teatral o tema bullying. No processo de criação, eles percebem que comportamentos inerentes a esse drama são comuns entre eles no dia a dia escolar.

Cerca de mil alunos de escolas públicas de Araguaína prestigiou apresentação do espetáculo teatral “Bullying: Que Bicho é Esse?”, apresentado pelo Grupo de Teatro Artpalco. Com um total de 11 apresentações em escolas estaduais, na última semana, o grupo de teatro levou mensagem aos estudantes sobre os perigos do bullying.

A apresentação em Araguaína encerrou a turnê por estados das regiões Norte e Centro-Oeste, em que o Artpalco circulou pelas cidades de Marabá (PA), Manaus (AM), Rio Branco (AC), Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Barra do Garças (MT) e Palmas (TO). De acordo com a proponente do projeto, a atriz Tatiane Breve, o objetivo foi de prevenir o bullying entre crianças e adolescentes. “As apresentações em Araguaína encerraram um ciclo muito importante do projeto em que levamos a mensagem de respeito ao próximo, empatia e do cuidado com o outro”, disse a atriz.

A coordenadora do Colégio Estadual Guilherme Dourado, de Araguaína, Maria Deusa Brito de Sousa Apinagé, afirmou que a peça teatral trouxe de forma leve e divertida um tema muito presente na comunidade escolar atualmente e que necessita de ser trabalhado com os alunos. “Veio em um momento muito pertinente e ainda numa belíssima apresentação. Os alunos se divertiram, se emocionaram e, acima de tudo, aprenderam sobre o amor e respeito ao próximo”, declarou a coordenadora.

O Projeto

A montagem e circulação do espetáculo “Bullying: Que Bicho é Esse?” é fruto do projeto “Vai Ter Teatro na Escola – 2ª edição”, executado por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cidadania e patrocínio do Atacadão.

O projeto estava previsto para acontecer no início do ano passado, no mês de abril, porém, com a propagação da pandemia foi suspenso e remarcada para este mês de setembro, cumprindo todos os protocolos de segurança. (Por Cinthia Abreu)