Preso em Balneário Camboriu (SC), Bruno Teixeira da Cunha, acusado de ser mandante do assassinato de Elvisley Costa de Lima

  • 06/Out/2021 09h47
    Atualizado em: 06/Out/2021 às 09h54).

Com prisão decretada em setembro do ano passado, foragido desde então, o empresário Bruno Teixeira da Cunha, acusado de ter encomendado a morte do empresário Elvisley Costa de Lima, foi preso nessa terça-feira, 5, na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Segundo informações, Bruno foi encontrado pela Polícia Militar daquele estado em uma clínica odontológica. Após os procedimentos legais, ele foi encaminhado para a penitenciária de Itajaí (SC).

O assassinato, ocorrido em 23 de janeiro de 2020 em um estacionamento na Avenida Palmas Brasil, teve grande repercussão na capital, com a divulgação de vídeos nas redes sociais do exato momento da execução do empresário. As imagens mostram também que no momento dos disparos, Bruno estava junto com Elvisley na cabine da caminhonete e sai em seguida, deitando no chão.

O acusado de ser o executor do crime, Gilberto de Carvalho Limoeiro Parente Júnior, vulgo Júnior da Serra foi preso pela Polícia Rodoviária Federal em Uruaçu (GO), em julho do ano passado.

À nossa reportagem, Vanusa Rodrigues Camelo, viúva de Elvisley, disse estar aliviada pois espera que com a prisão, Bruno esclareça os motivos que o levaram a cometer tamanha barbaridade, e que ele acerte suas contas com a justiça.