Artista tocantinense apresenta espetáculo "A nova Era do Circo" nesta quarta

  • 29/Sep/2021 16h05
    Atualizado em: 29/Sep/2021 às 16h10).

Apresentação solo do artista circense da Cia Circo Os Kaco, André Rodrigues, poderá ser acompanhada pelo Instagram, a partir das 20h.

A arte circense de Taquaruçu ganhará as redes sociais na noite desta quarta-feira, 29, durante a estreia do espetáculo “A Nova Era do Circo”, primeira apresentação solo do artista circense da Cia Circo Os Kaco, André Rodrigues, de 24 anos.

O espetáculo acontece de forma online na página do Instagram do artista, às 20h. Foi produzido, executado e gravado durante a pandemia no espaço do Circo Os Kaco, com a direção de Kadu Oliviê, diretor da companhia. O projeto foi contemplado pela Lei Aldir Blanc Tocantins do Governo do Estado do Tocantins, com recursos do Governo Federal, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Fundo Nacional de Cultura.

O espetáculo tem classificação livre e pode ser acessado pelo Instagram do artista @andrecircus.

Em “A nova Era do Circo” o artista, que atua há seis anos com o circo, trabalha com diversas modalidades circenses, como malabarismo, equilibrismo, acrobacias e palhaçaria, juntamente com o teatro, a dança e o audiovisual, abordando a tradição da cultura circense na contemporaneidade. “Foram meses de estudo, preparação e muitos treinos para 'A Nova Era do Circo' estrear no mundo digital. Se antes tínhamos um público que lotava o circo para assistir espetáculos, hoje vamos lotar as telinhas no meu Instagram”, conta André sobre o processo de criação do espetáculo.

Para o diretor do projeto, Kadu Oliviê, o apoio da lei emergencial foi essencial para que os artistas circenses continuassem trabalhando. “Devido a pandemia causada pelo Covid 19, nós artistas circenses tivemos dificuldades enfrentadas pela paralisação dos eventos e ao mesmo tempo não podemos parar de treinar para que nossa qualidade técnica não fosse afetada. A Lei Aldir Blanc ofereceu a oportunidade de adquirir materiais indispensáveis e desenvolver todo o treinamento que foi trabalhado durante esse período de paralisação e fomentar os artistas e outros profissionais que também foram afetados durante a pandemia e tiveram seus trabalhos paralisados”, declara o artista.

Para o presidente da Adetuc, Jairo Mariano, o espetáculo reforça a relevância na arte circense na cultura tocantinense e a propagação do trabalho executado pelo Circo Os Kaco, primeiro circo permanente do Tocantins. "O circo tem trabalhado a cultura tocantinense em seus espetáculos, agregando uma nova identidade a esta arte que já é de riqueza imensurável. Quando temos novos artistas e produtores de cultura expandindo as formas com que a arte circense chega às pessoas percebemos o papel importante da valorização e fortalecimento da cultura, ocorrido por meio da Lei Aldir Blanc", ressaltou Jairo Mariano.