Odair José assume gestão do Colégio Agropecuário de Natividade para implantar projeto-piloto de capacitação profissional

  • 23/Set/2021 10h47
    Atualizado em: 23/Set/2021 às 10h51).

O projeto será realizado pela Educação, Seagro e Ruraltins visando impulsionar a capacitação profissional dos jovens para a atuação na cadeia produtiva do Estado

O pedagogo e técnico de Extensão Rural, Odair José Moura de Araújo, é o novo diretor do Colégio Agropecuário de Natividade. Ex-aluno da unidade de ensino e com vasta experiência profissional, ele assume a direção da escola para integrar o projeto do Governo do Tocantins, de implantar o piloto da ação voltado para a capacitação profissional dos jovens.

O projeto, direcionado à capacitação para atuação na agricultura, agronegócio, agroindústria e pecuária, será executado mediante acordo de cooperação entre a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins). A iniciativa consiste na gestão compartilhada das Escolas Famílias Agrícolas (EFAs) e Escolas/Colégios Agropecuários e Agrícolas.

Além de promover o aprendizado, a iniciativa também visa tornar as unidades de ensino autossustentáveis, ou seja, espera-se que a produção de alimentos nessas escolas seja suficiente para atender as demandas da escola e gere lucros para que novos investimentos sejam realizados.

Na perspectiva da sustentabilidade, a ideia é utilizar tecnologias adequadas à realidade de cada unidade de ensino, que contribuam para o aumento da produtividade sem causar danos ao meio ambiente. Essas unidades de ensino já trabalham com tecnologias voltadas para a criação de animais, aves, implantação de pastagens, criação de peixes, produção de alimentos em geral, entre outros. Assim, o objetivo final é fazer com que estes sistemas de produção se tornem mais rentáveis e produtivos.

Conforme a titular da Seduc, Adriana Aguiar, o trabalho conjunto dos órgãos e autarquias do Governo do Tocantins é parte da política da Gestão Mauro Carlesse. “Uma estratégia inovadora de gestão e operação de ações educativas, compartilhadas pelos envolvidos, e, voltadas para a oferta de educação básica e profissional. Estamos, assim, dando condições para que os nossos estudantes alcancem uma vaga no mercado profissional ou empreendam nas áreas trabalhadas”, destacou.

O Colégio Agropecuário de Natividade desenvolverá o piloto da iniciativa, em que cada parceiro entra com suas expertises para aperfeiçoar o trabalho que já vem sendo realizado nas unidades de ensino que trabalham com a realidade do campo. O foco principal é impulsionar a educação profissional, entre os jovens, para a atuação dentro da cadeia produtiva do Estado, incentivando o trabalho de pesquisa, assistência técnica e a busca por parcerias e investidores.

Com experiência em sala de aula e nas unidades locais do Ruraltins de Chapada da Natividade, Natividade e Taguatinga, Odair José acompanhará a execução das atividades realizadas na unidade de ensino. “Uma oportunidade para compartilhar os conhecimentos que adquiri ao longo da minha vida profissional e das minhas experiências acadêmicas, demonstrando que a vida no campo nos abre muitas oportunidades. Meu objetivo é inspirar os estudantes a buscarem o seu próprio caminho e alcançarem o sucesso”, ressaltou.

Odair José é formado em Pedagogia pela Universidade Federal do Tocantins e em Técnico em Agropecuária pelo Colégio Agropecuário de Natividade. Conta com especialização nas áreas de Gestão Escolar, Educação a Distância, Gestão de Reforma Agrária e Desenvolvimento Sustentável. É servidor de carreira do Ruraltins desde 2005.

Ele foi professor pela Faculdade para o Desenvolvimento do Sudeste (Fades), nos cursos superiores Tecnólogo em Agronegócios e Meio Ambiente, pelo Instituto Educar, do curso de Pedagogia, em Chapada de Natividade, e de Matemática, em Pindorama. Atuou no Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), no curso Técnico em Agronegócio, da Rede E-tec. Também teve passagem pelo Instituto Federal do Tocantins, pelo Educandário Sapiens, em Arraias, entre outros.