Uso de drones em atividades ambientais tornará serviços mais eficientes, diz FMA

  • 14/Set/2021 09h22
    Atualizado em: 14/Set/2021 às 09h27).

Técnicos do órgão foram capacitados para utilização dos equipamentos em sua rotina de trabalho

Realizar serviços de fiscalização, monitoramento, vistorias, localização de focos de queimadas de forma remota e com maior precisão já é uma realidade para a Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), que adquiriu dois drones via compensação ambiental, e capacitou seus técnicos para utilização dos equipamentos em sua rotina de trabalho. O treinamento foi oferecido pela empresa Geo Palmas, fornecedora dos equipamentos, na tarde dessa segunda-feira, 13, na sede da FMA.

Além dos servidores da Fundação, também participaram do treinamento, servidores da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais (Sedurs), Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, além do policial civil Diêrverson dos Reis, que é ex-servidor da FMA e participou da capacitação como convidado.

O minicurso foi organizado de forma que os servidores conhecessem e se familiarizassem com o equipamento, aprendendo a manusear, montar, desmontar, além dos cuidados de acondicionamento. Eles também foram instruídos sobre configuração e planejamento de voo; realização de voos autônomos e manuais.

O diretor de Monitoramento Ambiental, Adriano Pinto, explicou que com o uso dos drones será possível realizar de forma remota ações que antes dependiam totalmente da presença humana no local.

“Agora vamos poder localizar com precisão o local e o tamanho de uma queimada antes de deslocarmos uma equipe para combatê-la”, exemplificou. Ele contou que com o equipamento é possível fazer voos de identificação detalhada de uma propriedade, podendo assim verificar ocorrência de degradação ambiental, realizar uma vistoria, acompanhar uma denúncia. “Tudo de forma remota, rápida e eficaz”, destacou.