Obras do projeto Tocantins In memoriam, do artista Adriano Alves estão em exposição no hall da Assembleia Legislativa do Tocantins

  • 24/Ago/2021 18h22
    Atualizado em: 24/Ago/2021 às 18h33).

A exposição traz 20 personalidades retratadas em técnicas de pintura digital, no formato 29,7 x 42cm.

Aberta oficialmente na tarde desta terça-feira, 24, a exposição Tocantins In Memoriam, do artista Adriano Alves, mais conhecido como Adrians segue até o dia 10 de Setembro.

Segundo Adrians, a representação figurativa de elementos da cultura regional aproxima o espectador local do seu universo, potencializando assim, uma percepção empática com o motivo retratado.

O projeto foi contemplado pelo edital de fomento à cultura da Lei Aldir Blank e elaborado a partir de uma pesquisa pessoal do artista sobre as personalidades imateriais da região. Adriano explica que “são pessoas que já não estão mais entre nós e que de alguma forma deixaram legado significativo o suficiente para serem consideradas parte da história. Foram levantados nomes de artistas, músicos, jornalistas, escritores, entre outros notáveis, que fazem parte de uma memória social que não pode ser esquecida”.

Ainda conforme Adriano, “os personagens retratados, são responsáveis por registrar e mediar discursos na sociedade. São o próprio espelho da sociedade, peças fundamentais para a engrenagem que a move. Aqueles que se destacaram e deixaram um legado na região, são retratados em um tributo póstumo em forma de exposição. Não importa como se foram, importa apenas quem foram.

A exposição traz 20 personalidades retratadas em técnicas de pintura digital, no formato 29,7 x 42cm, dentre eles o fundador deste veículo de comunicação, jornalista Salomão Wenceslau.

Sobre o Autor

Adriano Alves da Silva, ou Adrians, como é conhecido, é um paulistano nascido em 1973 que mora em Palmas/TO desde 1994. Autodidata, atua no campo artístico desde 1986. Mestre em Comunicação e Sociedade; Bacharel em Comunicação Social; MBA em Comunicação Empresarial e Marketing; Certificado em Harvard - Leaders of Learning; Pesquisador da imagem, técnicas artísticas e subjetividades, atua no mercado como professor, designer gráfico, videomaker, Ilustrador e grafiteiro.

O artista procura relações com a ciência para embasar o conceito dos seus trabalhos. Autores como Almont (1993), Alfred Gell (2018), Didi-Huberman (1998), Barthes (1984), Deleuze e Guatarri (2004), são tomados como fio condutor em linhas de pensamento que constroem as narrativas.

Adrians é um artista multimeios, capaz de gerir e realizar projetos artísticos em que se misturam ilustração, pintura tradicional, técnicas complexas em softwares de pintura digital, edição de vídeo, graffiti, áudio, animação 2D, 3D, modelagem, video mapping, realidade aumentada e realidade virtual.

Para acompanhar seu trabalho artístico acesse https://www.instagram.com/adrians10/