Associação Amigos do HGP completa dois anos de efetiva atuação

  • 19/Fev/2021 15h15
    Atualizado em: 19/Fev/2021 às 15h19).

A Entidade sem fins lucrativos conta com voluntários para beneficiar pacientes, familiares, acompanhantes e servidores do Hospital Geral de Palmas.

A Associação Amigos do HGP completou dois anos neste mês de fevereiro. As ações têm sido desenvolvidas, por sua diretoria, através de trabalhos em prol dos pacientes, familiares, acompanhantes e servidores do Hospital Geral de Palmas (HGP). Nessa quinta - feira, 18, membros da diretoria se reuniram para a primeira reunião do ano, na pauta o planejamento das ações para 2021. A entidade não tem fins lucrativos e mobiliza a comunidade e o poder público para colaborarem em suas ações.

O presidente do Conselho Fiscal da entidade, João Carlos Dias Medeiros destacou: "Sabemos que todas as ações realizadas pela Associação fazem a diferença para cada paciente, acompanhante ou trabalhador que necessita de alguma assistência na rotina hospitalar. Ações como estas, de solidariedade e o amor ao próximo, por voluntários, beneficiam cada vez mais, pacientes, acompanhantes e servidores”, afirmou.

Dentre as campanhas de arrecadação que são realizadas estão produtos de higiene pessoal (creme dental, sabonete, condicionador, shampoo, absorvente, aparelho de barbear, entre outros) sandálias, roupas e brinquedos, lápis de cores, (destinado à brinquedoteca). Além disso, também são aceitos dvds, tvs ou rack móvel para ajudar a ampliar o projeto Projeto Cinema no AP, que visa minimizar a dor, o estresse e motivar pacientes internados em diversas especialidades, levando filmes aos leitos das alas de internação e atende em média 60 pacientes por mês. Paralelamente, são arrecadados também calçados, roupas, acessórios para o bazar solidário online. Os recursos são revertidos principalmente para a compra de produtos de higiene pessoal.

“Um dos objetivos da associação é dar apoio ao usuário que chega à unidade em situação de vulnerabilidade. Em situações que envolvem urgência e emergência, vêm de outras cidades, sem tempo de trazer produtos de higiene. Muitos não têm condições de comprar ou, ainda, aqueles pacientes que vêm encaminhados para realização de exames - ou retorno de uma consulta - e, devido ao agravamento do quadro clínico, acabam internados", explicou a presidente da Associação, Goiamara Borges.

Como colaborar?

As instituições ou pessoas que desejam realizar um gesto de solidariedade podem entrar em contato com pelo telefone (63) 3218-7898.