Secretaria da Saúde reúne entidades para avaliar plano de operacionalização da vacinação contra Covid-19 no Tocantins

  • 19/Fev/2021 10h40
    Atualizado em: 19/Fev/2021 às 10h43).

O objetivo da reunião é alinhar as responsabilidades da vacinação com os entes federados

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde reuniu com representantes da Associação Tocantinense de Municípios-ATM, Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins - Cosems, Núcleo Estadual da Superintendência do Ministério da Saúde, Distrito Sanitário Especial Indígena- DSEI e o Conselho Estadual, com o objetivo de fazer uma avaliação do Plano de Operacionalização da Vacinação da Covid-19.

Conforme a superintendente de Vigilância em Saúde, Perciliana Bezerra, a reunião tem por objetivo alinhar a responsabilidade, que é compartilhada com todos. “É responsabilidade do Estado estar conversando, alinhando, discutindo, para que todos caminhem juntos, pois o SUS é único. Todos os Entes Federados têm que estar na mesma sintonia para que as coisas deem certo”, explicou.

A superintendente falou, também, sobre o quantitativo de doses distribuídas em comparação com as doses aplicadas. “Nós queremos alinhar para que esse processo seja acelerado nos municípios e que os registros das doses sejam inseridos nos sistemas oficiais. Isto evita que o Estado não fique em descrédito com a população, em relação às doses aplicadas. Se você me perguntar se nós temos vacinado bem, eu vou lhe responder que sim, o que nós acreditamos que está acontecendo é a falta de registro nos sistemas”.

Na ocasião foram apresentados os dados que os municípios estão informando para o Ministério da Saúde, que são de domínio público, além de explicações sobre a inserção e o registro das doses no sistema oficial.