Com início da Quaresma Vigilância Sanitária intensifica fiscalização em templos religiosos na Capital

  • 18/Fev/2021 18h22
    Atualizado em: 18/Fev/2021 às 18h24).

Em dois dias de operação, dois templos foram notificados por desobedecerem decretos municipais

Na noite dessa quarta-feira, 17, a Vigilância Sanitária de Palmas (Visa) intensificou o trabalho de fiscalização nas igrejas da Capital para evitar aglomerações em razão do início da Quaresma, momento marcado pela realização da tradicional Missa de Cinzas na Igreja Católica, e que comumente reúne muitos fiéis. Foram monitorados nove templos religiosos, de diferentes denominações, e um local foi notificado por descumprimento de medidas sanitárias como distanciamento social e ocupação máxima de 30% da capacidade do ambiente.

De acordo com a Vigilância Sanitária, a fiscalização de templos religiosos acontece desde terça-feira, 16, quando um estabelecimento foi notificado por não cumprir as regras de distanciamento social. Portanto, em dois dias de fiscalizações, dois templos foram notificados.

Na ação de quarta-feira, os fiscais não flagraram nenhuma irregularidade quanto às medidas relacionadas à oferta de álcool em gel 70%, em pontos estratégicos e conforme sua estrutura física/arquitetura; restrições aos bebedouros de água e manutenção de climatizadores, uma vez que nem todos possuem ambiente aberto. Mas a Visa chama a atenção para a falta de tapete sanitizante e a não verificação de temperatura nas entradas dos templos.

Dentre os estabelecimentos fiscalizados foi identificado que a maioria já adotou o uso de comunicação visual (cartazes), sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), e outros que optaram por utilizar o serviço de som ambiente para lembrar aos fiéis sobre as medidas que devem ser tomadas.