Concluída licitação para construção de ponte no Rio Manuel Alves na TO-482 entre Santa Rosa e São Valério

  • 18/Fev/2021 14h23
    Atualizado em: 18/Fev/2021 às 14h27).

A ponte de concreto armado de 150 metros beneficiará a comunidade rural de São Valério da Natividade e Santa Rosa do Tocantins, sudeste do Estado

O processo de licitação realizado pela Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto), para a construção da ponte sobre o rio Manoel Alves, na rodovia TO-482 foi concluído e a Ordem de Serviço para início das obras deve ser dada nos próximos dias. A medida beneficiará moradores da zona rural dos municípios da região Sudeste do Estado e facilitar o escoamento da produção local.

Conforme a Ageto, a ponte terá 150 metros e será de concreto armado. O investimento no local será de pouco mais de R$ 11 milhões. O trecho da rodovia TO-482, onde será construída a ponte, está localizado entre os municípios de São Valério da Natividade e Santa Rosa do Tocantins, próximo ao povoado Apinajé. Atualmente, a travessia sobre o rio Manoel Alves, nesse ponto, é feita por balsa, por isso, a construção da ponte facilitará o acesso à BR-010, pela TO-482, tornando o tráfego mais ágil e seguro para os condutores que passam pelo trecho.

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, a obra de construção da ponte faz parte do programa de correção de pontos críticos promovido pelo Governo do Tocantins e financiado pelo Banco Mundial. “O objetivo é proporcionar melhorias estruturais em trechos importantes do sistema viário estadual, garantindo assim, a segurança e a trafegabilidade para os usuários”, acrescenta.

O programa prevê a construção de nove pontes em diferentes trechos de rodovias, e ainda, de 11 bueiros; dos tipos simples, duplos e triplos. As medidas para a correção de 20 pontos críticos em rodovias estaduais devem beneficiar o tráfego e ter impacto direto na economia regional, facilitando o acesso a insumos e ao escoamento da produção rural. O investimento total é de R$ 51 milhões.