Terraviva reúne sete ex-ministros da Agricultura na edição 2021 do Agro 360

  • 04/Fev/2021 14h49
    Atualizado em: 04/Fev/2021 às 14h54).

O Terraviva, um dos principais veículos no segmento do agronegócio no país, vai ter uma versão para lá de especial do Agro 360 em 11 de fevereiro. Para repetir a bem-sucedida edição de 2020 sobre as projeções para o ano e debater os assuntos mais importantes do agronegócio, sete ex-ministros da Agricultura vão participar do programa. Com uma hora e meia de duração, o Agro 360 será apresentado pelo jornalista Marcio Fernandes e transmitido ao vivo a partir das 13h.

Allyson Paolinelli, indicado recentemente ao Prêmio Nobel da Paz, está confirmado entre os convidados. Blairo Maggi, Roberto Rodrigues, Neri Geller, Francisco Turra, Reinhold Stephanes e Kátia Abreu compõem o time de experts que irão falar sobre Plano Safra, impactos da pandemia, acordos bilaterais, Internet 5G, vendas de terras para estrangeiros e produção sustentável na Amazônia.

O programa vai buscar respostas que estão na cabeça de empresários e produtores rurais, como o que o mundo quer do agro brasileiro? O que o agro brasileiro espera do mundo?

Participantes

Roberto Rodrigues, que é engenheiro agrônomo e agricultor, foi ministro da Agricultura de janeiro de 2003 a junho de 2006. Atualmente, ele é coordenador do centro de agronegócio da Fundação Getúlio Vargas. É também embaixador especial para as cooperativas da FAO, a Organização das Nações Unidas para a alimentação e agricultura.

Blairo Maggi esteve à frente do Ministério da Agricultura de 2016 a 2018. É também um dos maiores produtores de soja do mundo. Ele já foi governador de Mato Grosso e também representante do Estado no Senado Federal. Hoje é presidente do conselho da Abiove, Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais.

Kátia Abreu foi a primeira mulher a assumir o comando do Ministério da Agricultura entre 2015 e 2016. Ela foi também presidente da CNA, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Atualmente é senadora pelo partido Progressista-Tocantins.

O engenheiro agrônomo Alysson Paolinelli foi ministro da Agricultura entre 1974 e 1979. Atualmente é presidente-executivo da Abramilho, Associação Brasileira dos Produtores de Milho. Ele é o indicado do Brasil ao Nobel da Paz este ano.

Francisco Turra é advogado e atuou como ministro da Agricultura entre abril de 1998 e julho de 1999. Foi presidente-executivo da ABPA, Associação Brasileira de Proteína Animal. Hoje, atua como presidente do Conselho Consultivo da entidade.

Neri Geller foi ministro da Agricultura em 2014. Atualmente é deputado federal, representante de Mato Grosso pelo partido Progressista.

Reinhold Stephanes foi ministro da Agricultura entre 2007 e 2010. Atuou como deputado federal pelo Paraná do fim dos anos 1970 até dezembro de 2018. Atualmente é diretor-presidente da Agência Reguladora do Paraná.