Kátia Abreu propõe curso de formação em educação para vereadores do Tocantins

  • 29/Jan/2021 14h07
    Atualizado em: 29/Jan/2021 às 14h15).

Projeto "vereador graduado" visa melhorar o grau de instrução dos legisladores municipais

A senadora Kátia Abreu (PP-TO) apresentou nesta sexta-feira, 29, ao presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre, o projeto "Vereador Graduado", com o objetivo de fornecer formação aos vereadores de todo o Tocantins e do Brasil. A proposta é oportunizar que legisladores completem sua formação, principalmente nos ensinos fundamental e médio, utilizando a estrutura já existente no Senado Federal em parceria com universidades. Atualmente 7,8% (101) dos vereadores tocantinenses têm o ensino fundamental incompleto e 4,2% (54) não completaram o Ensino Médio.

Na proposta elaborada pela senadora, com apoio da União dos Vereadores do Tocantins (UVT), Kátia Abreu sugere que o Interlegis e o Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) possam firmar parcerias com Universidades Federais, como a Universidade Federal do Tocantins, os Institutos Federais de Educação e Fundações, a exemplo da Fundação Getúlio Vargas e da Fundação Lemann, para oferecer essa capacitação aos vereadores.

"Além disso, cada Câmara de Vereadores poderá se instrumentalizar para oferecer uma sala de ensino à distância. Dessa forma, o Senado da República estará mais uma vez contribuindo com uma ação transformadora que irá ajudar a melhorar a qualidade da ação legislativa, impactando de forma decisiva o futuro dos nossos municípios. A responsabilidade social de cada um de nós tem de ser cada vez mais forte e não há nada mais positivo do que ampliar o horizonte das pessoas", justifica Kátia Abreu.

Veja qual o grau de instrução do executivo e legislativo no Tocantins atualmente: