CEM de Taquaralto apresenta um dos seus maiores projetos de forma online nesta quarta-feira

  • 25/Nov/2020 15h52
    Atualizado em: 25/Nov/2020 às 16h02).

As apresentações serão realizadas pelos próprios estudantes que abordarão temas como a bolsa de valores e investimentos

Professores e estudantes do Centro de Ensino Médio (CEM) de Taquaralto realizam nesta quarta-feira, 25, a partir das 19h30, a primeira versão on-line de um importante projeto denominado ‘Casa de Câmbio’. A apresentação será por meio do aplicativo Google Meet e serão abordados temas ligados à Educação Financeira, como bolsa de valores, investimentos, taxas e juros.

O projeto ‘Casa de Câmbio’ já é uma referência na escola pela oportunidade que proporciona aos estudantes de interagirem com a cultura e costumes de vários países. “Essa ação visa trazer algumas informações sobre o contexto capitalista mundial e mostrar para os alunos como funciona uma casa de câmbio, a bolsa de valores e o mercado de investimentos”, esclareceu o professor de matemática, Marcelo Rossi Santos da Silva, um dos responsáveis pelo projeto.

O estudante Charles Bruno Lustosa Couto, 17 anos, aprendeu na escola a planejar os recursos que tem e compreendeu o valor de investir para realizar os sonhos de um dia ter a sua casa própria, poder viajar, fazer cursos. Ele será um dos apresentadores da exposição de hoje. Atualmente, ele trabalha como cuidador de idosos e nas horas vagas estuda diversos assuntos ligados à economia, porque o seu sonho é trabalhar numa agência bancária ou ser um investidor no mercado de criptomoedas.

“Entendo que a Educação Financeira abre portas e oportunidades que nos levam a compreender o mercado financeiro e a fazer os nossos recursos se transformarem em renda. São conhecimentos para a nossa vida”, frisou o estudante Charles.

“A intenção dessa apresentação de hoje é que os alunos que irão apresentar os seus trabalhos possam formar uma mesa-redonda para que troquem informações sobre o assunto, para que eles tenham cada vez mais interesse nessa área e venham a tornar-se um possível jovem investidor”, esclareceu o professor Marcelo.

Casa de Câmbio

Nos anos anteriores, o projeto Casa de Câmbio era realizado no pátio da escola e, na ocasião, os estudantes montavam uma feira com produtos alimentícios, representando a culinária de países diferentes e estes produtos eram adquiridos com as respectivas moedas de cada nação. E para que os estudantes tivessem oportunidades de aprender, na prática, era montada uma casa de câmbio para que eles fizessem a troca das moedas, com isso, os estudantes compreendiam mais sobre o mercado mundial.