Gerenciador de Amostras da Covid-19 desenvolvido no Lacen Tocantins será replicado para outros Estados

  • 25/Nov/2020 09h28
    Atualizado em: 25/Nov/2020 às 09h36).

A ferramenta permite a liberação dos exames de RT-PCR, de maneira ágil e integrada diretamente com o Sistema de Gerenciamento de Ambiente Laboratorial

O Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen-TO) apresentou em reunião, na tarde dessa terça-feira, 24, a vários Lacens do Brasil, o Gerenciador de Amostras da Covid-19, desenvolvido no Tocantins. A metodologia permite a liberação dos exames de RT-PCR para a doença, de maneira ágil e integrada diretamente com o Sistema de Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL), do Ministério da Saúde.

A ferramenta foi criada pelo servidor do Lacen-TO, o biomédico Rafael Brustulin e agora será replicada às unidades de todo o país, para colaborar com precisão e agilidade no processo de testagem da população. “É um avanço muito importante para nós, que fomos o primeiro Estado do país a vencer esse desafio e agora podemos ajudar os demais Lacens com a replicação desse sistema”, afirmou a diretora do Lacen-TO, Jucimária Dantas, acrescentando que já demonstraram interesse no Gerenciador de Amostras da Covid-19, os estados de Santa Catarina, Rio de Janeiro, Goiás, Espírito Santo, Alagoas, Piauí, Acre e Rio Grande do Norte.

Segundo Rafael Brustulin, “o sistema faz o gerenciamento das amostras, de forma a armazena-las em códigos que permitem o rastreamento das mesmas, da hora que chega até o momento do descarte, e com isso, se precisarmos resgatar uma amostra, temos a localização. Ele também permite o gerenciamento da amostra através do nome do paciente e isso ajuda em casos de pacientes internados em caráter de urgência e que precisam de celeridade no resultado. Ainda é possível fazer a gestão da qualidade das amostras, porcentagem de retestes e por fim, evita a digitação manual o que elimina erros e proporciona a agilidade diante da grande demanda”, explicou.

Desde junho de 2020, o Lacen-TO utiliza a ferramenta e os resultados das amostras saem da máquina do teste RT-PCR, diretamente para o GAL. “Antes fazíamos todo este processo manual e levava muito tempo. O uso do Sistema contribui para que tenhamos sido recordistas na liberação de resultados e otimiza o trabalho da equipe técnica envolvida nas análises, o que certamente favorece que os demais Lacens, que ainda estão na fase manual, passem a aderir ao nosso sistema”, enfatizou Jucimária, acrescentando que não será a primeira replicação do Gerenciador de Amostras da Covid-19, que já foi testado na unidade do Lacen de Araguaína e funciona perfeitamente.

Para o titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Dr. Edgar Tollini, “nossa preocupação sempre foi um serviço com agilidade e qualidade para a população usuária do Sistema Único de Saúde em todo o Tocantins. Passar a ser referência em todo o país, pela eficiência na liberação de resultados dos exames da Covid-19 é um motivo de orgulho, pois demonstra a capacidade ímpar de nossa equipe técnica”, destacou o gestor.

A reunião

“A reunião com toda rede de Lacens, foi para o Rafael entender os fluxos das outras unidades e apresentar o que a ferramenta desenvolvida por ele permite fazer, bem como organizar a ‘soroteca’ das amostras para rastreabilidade e o que ele pode ajustar à realidade dos demais locais”, finalizou a diretora.