Projeto Café com Segurança Pública estreou nesta sexta-feira, 20, no Instagram da SSP

  • 20/Nov/2020 10h02
    Atualizado em: 20/Nov/2020 às 10h04).

Objetivo do Café com Segurança é promover a discussão de temáticas relacionadas à Segurança Pública entre os profissionais da área e a sociedade civil, propiciando uma maior interação entre Polícia e sociedade.

Com a discussão do tema Segurança Comunitária e o Agente Comunitário de Segurança tem início nesta sexta-feira, 20, às 9 horas, no Instagram da Secretaria da Segurança Pública (@ssptocantins), o projeto Café com Segurança. Idealizado pela Diretoria de Políticas de Segurança (DPS), o Café com Segurança será realizado por meio de “lives” semanais e abordará temas importantes e relevantes da Segurança Pública para os membros da sociedade civil que tenham interesse em compreender o importante papel do cidadão na construção de uma segurança cidadã mais eficaz.

Cada encontro contará com um convidado diferente, serão profissionais especialistas no tema. Na live de estreia, o Café com Segurança contou com a diretora da DPS, Mariana Rodrigues, como mediadora, e com o chefe do Núcleo de Política Comunitária, major da Polícia Militar Vinícius Dourado.

Ao todo serão realizadas nove lives destinadas à sociedade civil, em especial aos interessados que integram ou desejam integrar os Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEGs). Dentre os temas que serão abordados, estão: Participação Social e Mobilização Comunitária; Sistema de Segurança Público Brasileiro; Enfrentamento à Violência contra Mulheres; Canais de Comunicação com as Forças de Segurança Pública; e Abordagem Policial, Juventude, Violência e Criminalidade.

A diretora de políticas de segurança da SSP, Mariana Rodrigues, espera que o projeto possibilite que o cidadão tenha uma melhor compreensão dos diferentes papéis dos profissionais da Segurança Pública, “e perceba a relevância de sua importância para o desenvolvimento de uma Segurança Pública mais eficaz. Além de promover uma maior interação da sociedade civil com os profissionais da Segurança Pública”.