A semana do governador Carlesse é pautada por ações de fomento à economia e de combate e prevenção à Covid-19

  • 18/Set/2020 16h42
    Atualizado em: 18/Set/2020 às 16h58).

Ações de fomento ao agronegócio, melhoria da infraestrutura viária, prevenção e combate à Covid-19 durante o pleito eleitoral que se aproxima, e ainda, a busca por parcerias com o setor privado nos projetos em longo prazo para proporcionar o desenvolvimento econômico do Estado e melhor qualidade de vida ao cidadão. Esses foram os temas que pautaram a agenda do governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, ao longo desta semana.

A semana começou com a repercussão na imprensa nacional sobre o aumento dos leitos para tratamento da Covid-19 no Estado. Conforme a Coluna Painel do Jornal Folha de São Paulo, o Tocantins está entre os oito estados que mais dobraram os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A informação tem como base o Relatório Situacional da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que mostra que, de 10 de abril a 10 de setembro, a rede pública estadual saltou de 163 leitos Covid-19 para 401 leitos, dos quais 143 são de UTI Covid-19.

“Em uma pandemia sem precedentes como essa que estamos enfrentando, não só o Tocantins, mas o Brasil e o mundo, nós definitivamente não podemos cruzar os braços e não fazer nada. Pelo contrário, houve a necessidade de ampliar os leitos de UTI e assim o fizemos, elegendo cidades como polo, ampliando também os leitos clínicos nos hospitais regionais, fortalecendo a rede para que qualquer cidadão que tenha seu estado agravado possa de imediato receber todo atendimento necessário”, destacou o governador Mauro Carlesse.

Ainda na área de saúde, o governador recebeu na terça-feira, 15, no Palácio Araguaia, o presidente do Conselho da Fundação Pio XII, Henrique Prata, responsável pela construção do Hospital de Amor, em Palmas. Durante o encontro, Henrique Prata reconheceu o apoio do Governo do Tocantins para a construção da nova unidade hospitalar, que deverá estar pronta para atendimentos em até 60 dias, na Capital.

“O Hospital de Amor é um projeto de muita satisfação para o Tocantins e tenho o prazer de receber o senhor Henrique Prata aqui, para discutirmos o licenciamento e a forma mais rápida para concluirmos a instalação e o funcionamento da instituição. Sabemos da dificuldade que as pessoas enfrentam neste momento tão difícil, que é o tratamento contra um câncer, e por isso colocamos a Gestão Estadual à disposição desde o início dessa parceria”, assegurou o governador Carlesse.

Agronegócio

O agronegócio também esteve em pauta logo pela manhã da segunda-feira, 14, quando o Chefe do Executivo recebeu o presidente da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), Ricardo Khouri, que apresentou, ao Governo, a proposta de um estudo para implantação de um Complexo de Agroindústria de cadeia integrada de avicultura. O projeto para a produção de frangos leva em consideração o fato de a Coapa já possuir a matéria-prima, os grãos de soja e milho; e busca se concretizar em um futuro polo de produção de aves com benefícios para pequenos, médios e grandes produtores.

O governador Mauro Carlesse colocou sua equipe à disposição da Coapa para verificar qual a melhor forma de contribuir para a viabilização do projeto que promete gerar várias frentes de trabalho e renda para a comunidade.

Além de apoiar projetos como esse, o Governo do Estado tem se preocupado com a melhoria da infraestrutura viária de forma que os produtores tenham boas condições de escoar o que produzem. Tanto que nesta semana, o governador Mauro Carlesse assinou a Ordem de Serviço para início de obras de recuperação de estradas vicinais nos municípios de Cristalândia, Lizarda e Paranã, que compreendem um total de 144,65 km a serem recuperados. O valor total investido é de mais de R$ 2,1 milhões, oriundos de convênio entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Caixa Econômica Federal (CEF), com contrapartida do Governo do Tocantins.

Parcerias Privadas

Pensando o Tocantins em longo prazo, com foco no desenvolvimento econômico sustentável, na geração de emprego e renda e em uma melhor qualidade de vida, o Governo do Tocantins tem buscado viabilizar parcerias com a iniciativa privada por meio do programa Tocantins PPI. Para isso, buscou apoio do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O Acordo de Cooperação Técnica para o Tocantins PPI foi assinado na segunda-feira, 14, entre o governador Mauro Carlesse e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano.

“Hoje, a gente marca aqui o início da nossa relação de trabalho entre o BNDES e o Estado do Tocantins, focando nas concessões de parques florestais e a parte de saneamento. E sem dúvida nenhuma, vamos participar dos próximos 30 anos do Estado. Esse é o papel do BNDES que pensa em longo prazo”, destacou o presidente Gustavo Montezano.

“O Tocantins dá um passo muito maior para o seu futuro, principalmente para as pessoas que tanto precisam desses investimentos, que proporcionarão maior qualidade de vida para nossas comunidades. O Tocantins é muito forte, tem muito potencial, mas faltam parcerias e projetos para o futuro do Estado, principalmente do povo que está lá na roça”, afirmou o governador Mauro Carlesse.

LDO

Falando em investimentos, o Governo do Tocantins protocolou na terça-feira, 15, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) com uma prévia de R$ 10,9 bilhões para o exercício de 2021. A estimativa é de um incremento de aproximadamente R$ 100 milhões em relação à LDO 2020, que era de R$ 10,8 bilhões. A projeção cautelosa feita pela equipe econômica segue determinação do governador Mauro Carlesse, que vê a necessidade de avaliar o atual cenário econômico ainda impactado pela pandemia do novo Coronavírus.

Eleições

E, para garantir o pleno exercício da cidadania por parte dos eleitores tocantinenses nas Eleições 2020, o governador Mauro Carlesse assinou o Decreto n° 6.154, isentando o pagamento de Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS), quando se tratarem de doações de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), aos órgãos integrantes da Justiça Eleitoral. A isenção permanece até 29 de novembro deste ano e abrange materiais como máscaras, álcool em gel, borrifadores, fitas adesivas, entre outros, doados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) para a realização das eleições.