Morre em Araguaína, vítima da Covid-19, a médica anestesiologista Maria Esmeralda Medrado

  • 07/Ago/2020 14h14
    Atualizado em: 07/Ago/2020 às 14h21).

Médica pioneira no estado, Dra. Maria Esmeralda era casada com o ex-secretário de saúde do Tocantins, Dr. Eduardo Medrado

Pioneira no Tocantins, a médica anestesiologista Esmeralda Marchesini Novaes Medrado, de 72 anos, faleceu nesta sexta-feira, 7, no Hospital Dom Orione, em Araguaína, onde estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em razão da Covid-19. Ela deixa quatro filhos: Eduardo, Fernando, Helena e Sérgio.
Esmeralda era esposa do também médico Eduardo Novaes Medrado, falecido em 2016. Ele foi secretário de Estado da Saúde no segundo governo de Siqueira Campos e do município de Araguaína na gestão de Valuar Barros (2008-2012).

Baiana de Salvador, a médica Maria Esmeralda acompanhou o marido na mudança de Barreiras-BA, na divisa com o então nordeste goiano, para Araguaína, no norte do Estado, em dezembro de 1982.

Através de nota, a Cooperativa dos Médicos Anestisiologistas do Tocantins (Coopanest) e a Sociedade de Anestesiologia do Estado do Tocantins (SAETO) lamentaram a morte da colega. Publicamos a seguir a nota da entidade bem de autoridades que expressaram pesar pela morte da médica.

Notas de Pesar

“Foi com profundo pesar que a Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do Tocantins (Coopanest-TO) e a Sociedade de Anestesiologia do Estado do Tocantins (SAETO) receberam a notícia do falecimento da médica anestesiologista, Drª Maria Esmeralda Marchesini Novaes Medrado, de 72 anos, vítima da COVID-19.

Drª Maria Esmeralda trabalhava como anestesiologista nos hospitais Dom Orione e Regional de Araguaína. É portadora do registro 006 no Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO), pioneira no Estado e uma das fundadoras da Coopanest-TO e da SAETO, além de ter sido vice-presidente da Federação Brasileira das Cooperativas de Anestesiologia (FEBRACAN). Foi presidente da Coopanest-TO por cinco mandatos.

Pelos colegas, será lembrada pela estruturação de condições de trabalho, remuneração digna e valorização da categoria. Exerceu a anestesiologia com qualidade, dignidade, ética e grandeza. Estimulou o primeiro serviço de residência do Estado em Araguaína, e projetou o Tocantins na anestesia do Brasil.

Foi casada com o médico Dr. Eduardo Novaes Medrado Santos, ex-secretário de Saúde do Estado do Tocantins que faleceu em 20 de junho de 2016. Baiana de Salvador, a médica Maria Esmeralda acompanhou o marido Eduardo Medrado na mudança de Barreiras-BA, na divisa com o então nordeste goiano, para Araguaína, no norte do Estado, em dezembro de 1982.

Os colegas das duas entidades expressam ainda suas condolências pela perda aos amigos, familiares e aos filhos Eduardo, Fernando, Helena e Sérgio.”

Assinam a nota Dr. Tássio Diogo Pontes - Presidente da Coopanest-TO e Dr. Omério Hauck da Silveira - Presidente da SAETO

_______________________________________

“Médica pioneira no Tocantins, deixou uma visão prática da vida e da profissão. Sua dedicação e excelentes serviços prestados aos tocantinenses ficarão como lembrança para todos, principalmente, no exercício da ética profissional. Nesse momento de dor, rogo a nosso eterno Deus que, por sua graça, console, de alguma forma, os corações dos familiares e de todos que sofrem a perda dessa grande amiga”.

Governador Mauro Carlesse
______________________________________

“Coragem e dedicação à medicina e aos pacientes são algumas das condições humanas que a fizeram ser tão amada e respeitada em toda a sua vida, desde a formação em Salvador, sua residência em anestesiologia em Goiânia e sua carreira profissional no Tocantins, ao lado do também médico Eduardo Medrado. Sua contribuição pioneira em Araguaína e ao Tocantins e sua atuação como mulher de força exemplar, serão sempre lembradas pelos profissionais da saúde, pacientes, amigos e principalmente pelos filhos, aos quais o SIMED presta solidariedade”.

Sindicato dos Médicos no Estado do Tocantins (SIMED-TO)
_____________________________________

“Pioneira no nosso Estado, deixou para Araguaína o exemplo do exercício de uma medicina humana e de grande ética profissional. Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos. E que Deus possa confortar e dar forças à família para enfrentar este momento de tanta dor”.

Prefeitura de Araguaína
______________________________________

“Lamentamos profundamente o falecimento da Dra Esmeralda Marchesini Medrado, que era anestesista e atuava no Tocantins por cerca de 40 anos, precisamente em Araguaína, onde deixou um legado médico e ético da profissão, bem como a de um trabalho humanizado e respeitoso junto aos pacientes do hospital Dom Orione. A classe médica do Estado perde um dos grandes nomes dos seus quadros, e o Tocantins se despede e agradece à Dra Esmeralda por tamanha dedicação ao próximo e aos araguainenses.Neste dia triste de perda, pedimos ao Pai Criador que acalente os corações dos filhos, demais familiares e amigos. Rogamos a Ele que receba em Sua grande Morada o espírito da Dra Esmeralda”.

Deputada Federal, Dulce Miranda e Marcelo Miranda