Divulgado resultado final dos candidatos aptos e inaptos ao processo eleitoral do Conselho de Política Cultural

  • 24/Jul/2020 16h23
    Atualizado em: 24/Jul/2020 às 16h34).

O governo do Estado, por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), publicará no Diário Oficial desta sexta-feira, 24, o resultado final dos eleitores e candidatos aptos e inaptos ao processo eleitoral para membros dos segmentos artísticos e culturais do Conselho de Política Cultural (CPC-TO), oriundos da sociedade civil, para o período de 2020 a 2022.

A eleição para o Conselho de Política Cultural do Estado (CPC) vai definir 28 membros, sendo 14 titulares e 14 suplentes da Sociedade Civil, para os segmentos de Artes Visuais; Artesanato; Patrimônio Material; Patrimônio Imaterial; Audiovisual; Música, Teatro e Circo; Dança; Cultura Popular; Cultura Tradicional; Comunidades Afro-Brasileiras e Quilombolas; Povos Indígenas; Arquitetura e Urbanismo; Literatura, Livro e Leitura.

A relação, com os nomes dos candidatos aptos e inaptos, pode ser conferida no Diário Oficial desta sexta-feira, 24, ou ainda no site da Adetuc.

Segundo a superintendente de Desenvolvimento da Cultura, Lorena Ribeiro, o período de votação do processo eleitoral para CPC ocorrerá, de forma virtual, no site da Adetuc pelo link eleicao.cultura.to.gov.br, no período de 27 a 28 julho. Já o resultado preliminar com os nomes dos candidatos eleitos está previsto para ser divulgado no dia 31 de julho.

Para o secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e presidente da Adetuc, Tom Lyra, a reativação do Conselho de Política Cultural do Estado representa um importante avanço no setor cultural que envolve representantes de vários segmentos artísticos e da sociedade civil.

“O governador Mauro Carlesse orienta que o Estado promova a diversidade cultural, valorizando e fomentando as manifestações artísticas e culturais dos tocantinenses. Nesse sentido, o CPC será um importante meio de se elaborar políticas públicas a fim de fomentar o setor cultural do nosso Estado”, destacou Lyra.