Nota de Repúdio

  • 24/Jul/2020 13h54
    Atualizado em: 24/Jul/2020 às 13h56).

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (Sindjor-TO) repudia o tratamento hostil dado à equipe de reportagem do SBT Tocantins durante as gravações em frente as obras de uma Escola Estadual em Palmas.

Um homem que se identificou como segurança usou palavras grosseiras e tentou retirar o equipamento da equipe. Demonstrando total despreparo para lidar com a comunidade, além da tentativa de impedir o exercício profissional e a liberdade de imprensa.

O Sindjor espera que os fatos sejam apurados pela Secretaria de Educação do Tocantins e que as medidas necessárias sejam tomadas para que situações como essas não se repitam.

Nos solidarizamos com os profissionais desrespeitados e nos colocamos à disposição para o que estiver ao nosso alcance enquanto entidade representativa.

Esperamos que a Imprensa seja tratada com respeito e cordialidade nessa e em qualquer outra situação onde os profissionais possam estar realizando suas atividades.