Vereadores apreciam vetos e retiram urgência de projetos para destrancar Pauta

  • 01/Abr/2020 18h01
    Atualizado em: 01/Abr/2020 às 18h04).

Dois Projetos de lei que haviam sido enviados, em regime de urgência, pelo Poder Executivo – que estavam trancando a pauta – após pedido da líder da prefeita, vereadora Laudecy Coimbra(SD), perderam o caráter da emergencialidade. Os textos tratavam da regulamentação do transporte alternativo por aplicativos e, o outro, sobre o funcionamento das feiras livres.

Em seguida, os parlamentares iniciaram a votação dos vetos da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) a três projetos de iniciativa de Laudecy Coimbra e Filipe Martins (PSC). Os vetos, que também trancavam a pauta da Casa Legislativa, foram mantidos.

Na primeira votação, o veto parcial ao projeto de lei de autoria do vereador Filipe Martins, que cria o dia do capelão obreiro na cidade de Palmas, foi mantido. Também foi mantido o veto parcial ao projeto da vereadora Laudecy Coimbra, que instituía a Carteira de Identificação dos Autistas. Na sequência, foi preservado o veto integral ao projeto que cria o Banco de Óculos, que visava o fornecimento gratuito no Município de Palmas, também de autoria da líder da prefeita.

No decorrer da sessão, o vereador Milton Neris (PDT) destacou a importância de destravar a pauta, para que sejam tomadas medidas para ajudar a população de Palmas. “Damos início aos debates, em relação ao coronavírus, como também sobre os recursos que serão aplicados na saúde pública municipal. Além disso, precisamos discutir a alimentação para as famílias necessitadas, auxílio e apoio aos pequenos empreendedores que necessitam de respostas. Estamos prontos para a discussão e queremos o melhor para os cidadãos palmenses”, garantiu Neris.

Já a vereadora Laudecy Coimbra agradeceu colaboração dos demais vereadores para o enfrentamento da doença. “A situação em que estamos vivendo no momento é muito grave em todos os aspectos, mas agradeço a todos os membros desta Casa pela colaboração e o interesse para, juntos, superarmos essa crise. Nós sabemos muito bem que estar na condição de tomar decisões é muito difícil, entretanto, quero parabenizar a atitude da prefeita que, no primeiro momento, ouvindo os órgãos de saúde, tomou a ação de decretar o isolamento. Isso tem, até aqui, mostrado ser efetivo na diminuição dos casos na nossa cidade. A gestão está trabalhando ativamente e com muita responsabilidade para que, aos poucos, o comércio retorne as suas atividades e a sociedade possa seguir a sua vida normal”, enfatizou Laudecy. (Fonte: Dicom)