Consórcio Matopiba busca termo de cooperação técnica para beneficiar produtores rurais

  • 13/Fev/2020 17h46
    Atualizado em: 13/Fev/2020 às 18h01).

Um dos focos é apoiar o produtor rural a alcançar mercados mais exigentes nos processos de sustentabilidade

Foi tema de reunião na manhã desta quinta-feira, 13, em Palmas (TO), termo de cooperação técnica entre o Consórcio do Matopiba, formado pelas secretarias estaduais de Agricultura do Tocantins, Maranhão, Piauí e Bahia, e a ONG Conservação Internacional, organização que tem como missão apoiar a elaboração e desenvolvimento de projetos onde a produção e o meio ambiente caminhem em conjunto.

Participaram do encontro, o coordenador do consórcio do Matopiba e secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Tocantins (Seagro) César Halum; o subsecretário da Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão, Sérgio Delmiro; Miguel Moraes, da Conservação Internacional e o diretor de Projetos e Captação de Recursos da Seagro, Corombert Leão.

Para Miguel Moraes, a iniciativa dos secretários de Agricultura do Matopiba pode e vai fazer a diferença no futuro da região. “Temos que apoiar, replicar e fortalecer esse modelo de parceria entre os estados”, disse, acrescentando que “produção e conservação devem caminhar juntas”.

Segundo Sérgio Delmiro, a parceria vem em um momento muito oportuno com elaboração do pré-projeto de captação de recursos para a cadeia produtiva da carne de forma sustentável no Matopiba. “Eles possuem um grande Know-how na busca de recursos e elaboração de projetos de sustentabilidade e esta parceria fortalece a necessidade dos estados na captação de recursos para a região”.

“Aqui no Tocantins, por exemplo, já somos referência na produção sustentável através das tecnologias do Plano ABC. Com o apoio desses recursos poderemos dinamizar e alcançar um número maior de produtores em toda região do Matopiba. Essa parceria será um sucesso se confirmada a captação de recursos”, destacou César Halum.