Câmara de Palmas prepara mudança para novo prédio ainda neste mês

  • 04/Fev/2020 17h48
    Atualizado em: 04/Fev/2020 às 17h53).
Câmara de Palmas prepara mudança para novo prédio ainda neste mês Foto: Aline Batista/CM Palmas

Após quinze anos funcionando na Avenida Teotônio Segurado, a Câmara Municipal de Palmas passará, a partir do mês de março deste ano, a realizar os trabalhos legislativos em sua nova sede, localizada na Quadra 104 Norte, próximo à Praça dos Girassóis.

Conforme a Câmara, a mudança não foi motivada pela vontade unilateral da Casa de Leis, mas pelo motivo de o proprietário do atual imóvel que abriga a sede do Legislativo da Capital ter sido condenado por Improbidade Administrativa e impedido de contratar com a Administração Pública e, consequentemente, de receber recursos públicos.

A Câmara informou ainda a escolha do novo prédio se deu após a realização de uma ampla pesquisa de mercado, visando encontrar um imóvel que comportasse toda a estrutura de dezenove gabinetes, presidência e mais a área administrativa, exigências essas contempladas pela nova sede.

“Após intensas negociações, fixou-se o valor do aluguel em R$ 95 mil reais, apenas R$ 300,00 mais caro que o valor pago no atual prédio, ou seja, R$ 21,35 por m². Esse valor é menor que o montante pago atualmente, R$ 23,69, e também inferior ao valor de mercado praticado naquela região da cidade, que varia entre R$ 30,00 a 33,60. Os custos com aluguéis na nova sede, após acerto com a imobiliária, só começará a ser pago a partir de março, conquanto a mudança já estará de fato efetivada”, informou.

O Extrato do Termo Aditivo do contrato de locação foi publicado no Diário Oficial do Município nº. 2422, página 16, de 03/02/2020.

A Câmara justifica que além de mais espaço para melhor atender à população, a nova sede da Casa de Leis conta com dois elevadores, estacionamento subterrâneo de quarenta veículos para uso de vereadores e servidores, assim como sistema de energia solar, capaz de gerar cerca de 70% do necessário para manutenção do prédio, o que representa uma economia significativa com os gastos. A população e servidores também estarão mais seguros, uma vez que a portaria conta com detectores de metais, como também catracas para acesso aos gabinetes. Importante ressaltar que todas essas adequações para que a Câmara se instalasse no novo prédio, correram por conta do locador.

A mudança para nova sede ocorrerá ainda em fevereiro, mas a abertura do ano legislativo, designada regimentalmente para o dia 5 de fevereiro, ainda ocorrerá no prédio antigo. (Com informações da Dicom)