MPTO investiga possíveis irregularidades em alimentação fornecida no Hospital Geral de Palmas

  • 30/Jan/2020 16h59
    Atualizado em: 30/Jan/2020 às 17h01).
MPTO investiga possíveis irregularidades em alimentação fornecida no Hospital Geral de Palmas Foto: Reprodução Internet

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) instaurou, nesta quinta-feira, 30, procedimento para apurar eventuais irregularidades no serviço de alimentação oferecido no Hospital Geral de Palmas (HGP) pela empresa contratada. A iniciativa decorre do fato de que uma lâmina teria sido encontrada em uma torta servida à acompanhante de uma paciente da ala da oncologia da unidade hospitalar.

O fato teria ocorrido na noite de quarta-feira, 29, segundo foi noticiado por veículos da imprensa local.

A partir da instauração do procedimento, a situação geral do serviço de alimentação e nutrição no HGP será averiguada pela promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, que atua na área da defesa da saúde em Palmas.

Requisição de informações

Serão requisitadas à Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) informações sobre as vistorias e condições dos equipamentos utilizados na manipulação dos alimentos fornecidos no HGP, bem como a relação dos profissionais responsáveis pelo cardápio e pela gestão e fiscalização do contrato mantido com a Fábrica Nutrição.

À diretoria-geral do HGP, serão requeridas informações sobre a alimentação fornecida aos pacientes e acompanhantes, sobre os valores pagos à empresa terceirizada e sobre o fato da lâmina encontrada na refeição.

O responsável pela empresa Fábrika Nutrição será notificado para prestar informações sobre condições dos equipamentos utilizado na manipulação de alimentos e quadro de pessoal atuante no HGP.

Já a Ouvidoria da unidade hospitalar e o Conselho Estadual de Saúde deverão informar sobre as possíveis queixas que existam, relacionadas ao serviço de alimentação do Hospital Geral de Palmas, registradas no período de janeiro de 2019 a janeiro de 2020.

Também será requisitada à Vigilância Sanitária Estadual a realização de vistoria sobre as condições da cozinha, refeitório e alimentação do HGP. (Ascom/MPTO)