Agências de fomento de 10 estados terão recursos do Fungetur para impulsionar o turismo

  • 24/Jan/2020 09h17
    Atualizado em: 24/Jan/2020 às 09h29).
Agências de fomento de 10 estados terão recursos do Fungetur para impulsionar o turismo Foto: Reprodução internet

A Agência de Fomento do Estado do Tocantins é uma das contempladas

Após solicitação da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) para abertura de novo Edital de Credenciamento de Agentes Financeiros ao Fundo Geral do Turismo (Fungetur), o Ministério do Turismo habilitou 10 Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs) de 10 estados participantes do Sistema Nacional de Fomento a receber repasses dos recursos do Fungetur.

Um dos principais objetivos do Fundo é promover o financiamento de empreendimentos, obras e serviços considerados de interesse para o desenvolvimento do turismo nacional. Os recursos são operados pelas instituições financeiras credenciadas e o público-alvo das operações de crédito são os empreendimentos privados de toda a cadeia produtiva do turismo, especialmente micro, pequenas e médias empresas. São financiáveis as obras civis para implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos, bem como a aquisição de máquinas e equipamentos e capital de giro.

“A inserção das associadas da ABDE no Fungetur é de extrema importância para a ampliação da atuação de instituições regionais na economia brasileira. Essas agências de fomento, agora, poderão operar os recursos, ajudando a potencializar o setor de turismo. Além de contribuir para o desenvolvimento sustentável econômico e social em diversos estados do País”, destaca o presidente da ABDE, Perpétuo Cajazeiras.

No primeiro edital em 2017, foram credenciadas oito IFDs como agentes financeiros, com um montante de R$ 66 milhões para financiamentos de projetos. Já em 2018, o orçamento do Fundo foi de R$ 43 milhões e, este ano, é de R$ 166 milhões. Segundo pesquisa realizada pela ABDE junto às instituições, há uma demanda do segmento para enquadramentos de projetos no Fungetur na ordem dos R$ 400 milhões.

Confira as instituições que foram habilitadas

• Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro – AgeRio,

• Agência de Fomento de Alagoas – Desenvolve

• Agência de Fomento do Estado da Bahia – Desenbahia

• Agência de Fomento do Estado de Goiás – Góias

• Fomento, Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina – Badesc,

• Agência de Fomento do Estado de Tocantins – Tocantins Fomento,

• Agência de Fomento do Paraná – Fomento Paraná,

• Agência de Fomento do Rio Grande do Norte – AGN,

• Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí – Fomento Piauí,

• Banco Regional de Brasília – BRB