Amistoso marca encerramento do ano na Escolinha de Futebol Nilton Santos, em Palmas

  • 07/Dez/2019 15h04
    Atualizado em: 07/Dez/2019 às 15h13).

Estudantes de todas as categorias atendidas pelo projeto participaram da ação, que foi voltada para a integração e a finalização de mais um ano de atendimento.

Por meio de um jogo amistoso, realizado na manhã deste sábado, 7, em Palmas, as atividades do ano de 2019 foram encerradas na Escolinha de Futebol Nilton Santos. A partida teve início às 7h da manhã e contou com a presença da comunidade de pais dos estudantes que participam e, ainda, da titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), professora Adriana Aguiar.

Na oportunidade, foram entregues materiais novos ao projeto para melhorar o desenvolvimento em 2020. Apitos, bolas de campo e society, coletes, mochilas e uniformes são alguns dos materiais que foram destinados à implementação do projeto, que atende cerca de 350 estudantes.

A secretária Adriana Aguiar reforçou o compromisso e a importância de atividades com esporte na formação dos estudantes. “Incentivar a prática esportiva é acreditar no desenvolvimento integral do estudante. Essa Escolinha de futebol tem grandes talentos e é importante que eles persistam no meio esportivo para ter qualidade de vida”, frisou.

Oportunidade

A Escolinha atende estudantes nas categorias Sub-7, Sub-9, Sub-11, Sub-13 e Sub-17. Rillary Arruda tem 14 anos e mora no Assentamento Irmã Adelaide, há 70 quilômetros de Palmas. Todos os dias ela se dedica ao sonho de ser jogadora de futebol. “Eu adoro futebol e venho treinar todos os dias. Eu gosto dos ensinamentos novos que tenho e a cada dia que passa eu percebo uma evolução, além de que somos uma família também”, ponderou.

A mãe de Rillary, Rosania Arruda, apoia o sonho e incentiva a persistência da jovem atleta. “Eu percebo que desde pequena ela tem essa habilidade com o esporte e busco dar apoio à ela. O convívio na escola melhorou, os instrutores são competentes e ela está se destacando”.

Projeto

A escolinha de futebol, administrada pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), oferece aulas gratuitas de futebol a estudantes de escolas públicas, atendidos em turmas nos períodos matutino e vespertino. Cada aluno participa das atividades duas vezes por semana, orientados por professores de educação física.

O coordenador da Escolinha Nilton Santos, Joelson de Oliveira, explicou que o objetivo é fomentar o esporte e caminhar lado a lado com a Educação. “Nossos atletas têm que estar regularmente matriculados em alguma escola porque a gente entende a necessidade de unir o esporte e a educação para que o jovem tenha sua formação completa”.

Um dos técnicos, Gilberto de Sousa, que já jogou em times conhecidos nacionalmente, complementa o pensamento de Jelson. “Aqui formamos cidadãos. Ajudamos essas crianças e jovens a entenderem que os sonhos podem ser realizados e que o esporte é peça fundamental para eles”, finalizou.