Iniciativa da Escola do Legislativo, musical reverterá fundos para o Hospital do Amor

  • 27/Nov/2019 10h51
    Atualizado em: 27/Nov/2019 às 10h57).
Iniciativa da Escola do Legislativo, musical reverterá fundos para o Hospital do Amor Foto: Benhur de Sousa

De iniciativa da Escola do Legislativo, será realizado na próxima quinta-feira, dia 28, no auditório Cuica, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o musical “Tocantins, o Coração do Brasil”. O espetáculo terá início às 19h30 e apresentará no palco a pluralidade e diversidade cultural do Tocantins.

Todo o dinheiro arrecadado com os ingressos, no valor de R$ 20, será revertido em sacos de cimento, que serão doados para a construção do Hospital do Amor. Sob a coordenação geral do maestro e músico Bruno Barreto, o musical terá produção artística tocantinense, com composição e direção cênica de Marcial de Azevedo.

As apresentações pretendem unir cultura e arte dos diversos movimentos das etnias indígenas, das comunidades quilombolas e das manifestações religiosas da Folia do Divino e das Cavalhadas de Taguatinga. A ideia é apresentar todas as formas e estilos, que variam da viola de buriti, marcante na festa da colheita do capim dourado, à dança da Sússia e Jiquitaia.

Para o diretor da Escola do Legislativo, Homero Barreto, o musical é resultado de um projeto que começou com o coral infantil do Legislativo, e da intenção de realizar uma ação solidária para levantar recursos para o Hospital do Amor.

“Por meio desse trabalho com as crianças, surgiu a ideia de fazer o musical para contar a história do Tocantins, sua cultura e arte, através da música, do teatro e do artesanato. Então, elaboramos esse projeto a fim de unir arte e ação solidária, pois o principal objetivo é ajudar o Hospital do Amor. Nossa expectativa é muito grande, uma vez que obtivemos o apoio e a parceria de vários órgãos para a realização deste evento, que terá toda a renda revertida para essa finalidade”, destacou Homero.

Apresentado pelo Coral Infantil do Legislativo, o musical contará com participações da Orquestra Viva Música, do Coral da Defensoria Pública, do Coral da UFT em Canto e Arte Fato.

O evento tem o apoio cultural da Defensoria Pública do Tocantins e da AssociaçãoSocial Jesus de Nazaré, e parceria da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Tribunal de Justiça (TJ), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Ministério Público e secretarias estaduais (Trabalho e Assistência Social, Administração, Cultura e Turismo). (Fonte: Dicom/AL)