Prefeita Cinthia lança programa 'MudaClima' com homenagem a J. Bulhões

  • 11/Nov/2019 19h12
    Atualizado em: 11/Nov/2019 às 19h17).
Prefeita Cinthia lança programa 'MudaClima' com homenagem a J. Bulhões Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira, 11, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, lançou na Avenida NS-04, ao lado do Parque dos Povos Indígenas em Palmas o programa 'MudaClima' com o objetivo de plantar 30 mil mudas de árvores, em alusão aos 30 anos de Palmas.

Na ocasião, a prefeita assinou o projeto de lei que nomeia o trecho duplicado da NS-04 - lateral ao Parque dos Povos Indígenas - e toda a área no entorno, como Circuito Ecológico J. Bulhões. Trata-se de homenagem ao cantor e compositor tocantinense J. Bulhões falecido em 30 de maio deste ano.

A obra da Avenida NS-04, entre a LO-04 e LO-08, já aberta ao tráfego, garantiu nova ligação do Centro da Capital com as quadras da região Nordeste do Plano Diretor. Execução feita diretamente pela Administração Municipal.

Mais verde

O programa 'MudaClima' será apresentado à comunidade e parceiros da Prefeitura a fim de reforçar a adesão de Palmas à meta 13 dos 'Objetivos de Desenvolvimento Sustentável', propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), que trata do Combate às Alterações Climáticas.

O 'MudaClima' tem como meta o plantio de 30 mil mudas de árvores em Palmas até março de 2020 para ampliação de áreas arborizadas de Palmas e recuperação de áreas degradadas.

Além de dar continuidade a ações anteriores do Município, em que eram realizados plantios em canteiros e áreas verdes, o 'MudaClima' fará a arborização de áreas e equipamentos públicos de uma mesma região, incluindo avenidas, áreas públicas e arredores de equipamentos públicos, quadras vizinhas, incluindo, assim praças, escolas, postos de saúde e outros espaços vizinhos às avenidas e áreas que serão atendidas pelo programa.

O programa será executado pela Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), Instituto de Planejamento Urbano de Palmas (Ipup) e Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp).

Perfil do cantor J. Bulhões

José Bulhões Padilha nasceu em Oriente (SP), em 1954, mas adotou Palmas (TO) como o local em que queria viver, aqui chegando em 2006, onde deu início a uma promissora carreira artística-musical. Na Capital do Tocantins, J. Bulhões, como é conhecido artisticamente, celebrou diversas parcerias de sucesso com músicos regionais, a exemplo de Genésio Tocantins, Dorivã, Braguinha Barroso, Tião Pinheiro, Juraíldes da Cruz e Léo Pinheiro, dentre outros.

A artista teve uma experiência na gestão pública, quando assumiu o cargo de diretor de Arte e Cultura da então Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc).

Sua trajetória musical teve início ainda na década de 70. No início da carreira chegou a gravar diversas canções de sua autoria, utilizando o pseudônimo de Joe Bulls. Em paralelo, ele realizou trabalhos em parceria com cantores consagrados nacionalmente. Participou da excursão do show 'O Luar' de Gilberto Gil, que se apresentou em vários países da América Latina, Europa e nos Estados Unidos.

Eclético, J. Bulhões transitou por ritmos como a bossa nova, o jazz, o blues e o country. Também teve uma passagem pelo cinema, tendo atuado no filme 'Corações a Mil', ao lado de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Regina Casé.

J. Bulhões faleceu em Palmas aos 65 anos, no dia 30 de maio de 2019, vítima de complicações decorrentes de um Acidente Vascular Cerebral. (Fonte: Secom/Palmas)