Médicos só voltam a atender usuários do Plansaúde mediante pagamento de R$ 1,1 milhão pelo Governo

  • 30/Out/2019 10h44
    Atualizado em: 30/Out/2019 às 10h47).
Médicos só voltam a atender usuários do Plansaúde mediante pagamento de R$ 1,1 milhão pelo Governo Foto: Reprodução internet

Em assembleia realizada na segunda-feira, 28, pelo Sindicato dos Médicos (Simed) os profissionais decidiram que só voltam a atender os usuários do Plano de Assistência à Saúde do Servidor (Plansaúde), após o Governo do Estado quitar as competências de maio e junho, conforme acordo firmado entre as partes.

Em proposta apresentada ao Simed pelo Governo e acatada pela categoria, neste mês de outubro deveriam ter sido pagas duas competências referentes aos meses de maio e junho, entretanto o Governo pagou apenas a competência de maio. Ainda conforme a proposta, o mês de julho tem previsão de pagamento para novembro; agosto e outubro em dezembro, setembro e novembro em janeiro e o mês de dezembro em fevereiro.

Diante do não cumprimento do acordo por parte do Governo, os médicos decidiram na assembleia só retomarem os atendimentos mediante o pagamento referente ao mês de junho, cerca de R$ 1,1 milhão ainda neste mês de outubro.