Uso de Agrotóxicos na pauta dos legislativos palmense e estadual

  • 09/Out/2019 15h08
    Atualizado em: 09/Out/2019 às 15h09).
Uso de Agrotóxicos na pauta dos legislativos palmense e estadual Foto: Aline Batista/CM Palmas

Na sessão desta quarta-feira, 9, o presidente da Câmara de Palmas, vereador Marilon Barbosa (PSB), apresentou Projeto de Lei que proíbe o uso de produtos agrotóxicos, domissananitários e veterinários nas hortas comunitárias de Palmas. Pelo texto do projeto nº. 008/2019, o horticultor contemplado com canteiros nas hortas comunitárias de Palmas que for flagrado utilizando produtos agrotóxicos, será excluído do programa.

Segundo o parlamentar o Projeto visa combater o uso de produtos que possam trazer prejuízos à saúde da população. “É sabido que a exposição ao uso de agrotóxicos sem os devidos cuidados e sem o uso de equipamentos de proteção individual traz sérios riscos a saúde humana. As hortas comunitárias são importantes projetos sociais, que contribuem com o sustento de muitas famílias, utilizando os canteiros para produzirem alimentos ou mesmo para aumentar suas rendas. Para prevenir a saúde pública e garantir que os produtos produzidos nestas hortas tenham mais qualidade e agregação de valores de produção sustentável, tenho plena convicção que esse projeto contribuirá – significativamente – com tendência desenvolvimentista da nossa capital”, justificou o presidente.

Caso a matéria seja aprovada, a Prefeitura de Palmas deverá fazer campanha de conscientização junto aos horticultores sobre a proibição do uso de agrotóxicos, como também fiscalizá-los.

Na Assembleia Legislativa

Os deputados estaduais aprovaram na sessão desta terça-feira, 8,requerimento do deputado Zé Roberto (PT) convocando o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha, a prestar esclarecimentos sobre o uso de agrotóxicos no Tocantins. A convocação está agendada para o próximo dia 23 deste mês.