Pela segunda vez justiça nega liberdade a Marcelo Miranda

  • 09/Out/2019 09h32
    Atualizado em: 09/Out/2019 às 09h34).
Pela segunda vez justiça nega liberdade a Marcelo Miranda Foto: Reprodução internet

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca, negou na noite desta terça-feira, 8, pedido de Habeas Corpus (HC), impetrado pelo advogado de defesa do ex-governador Marcelo Miranda, Jair Alves. Esta é a segunda tentativa do advogado de libertar Marcelo. No último dia 2, o desembargador Hilton Queiroz, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) já havia negado o pedido de soltura a Marcelo Miranda, sob a alegação de que em liberdade o ex-governador poderia atrapalhar as investigações. A defesa deverá apresentar novo pedido de liminar ao Supremo Tribunal Federal (STF), ainda esta semana.

Marcelo está preso desde o dia 26 de setembro em uma sala do Comando Geral da Polícia Militar em Palmas, quando foi deflagrada a Operação 12º Trabalho, que também levou à prisão seu pai Brito Miranda e o irmão, Júnior Miranda. Conforme o Ministério Público Federal os três são responsáveis por um esquema de corrupção que pode ter desviado mais de R$ 300 milhões dos cofres do Tocantins.

Brito Miranda foi solto mediante pagamento de fiança de quase R$ 200 mil. Júnior Miranda continua preso em uma cela especial na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).