Governador em Exercício faz entrega de kit da Agricultura Familiar para a Central de Palmas

  • 03/Out/2019 11h23
    Atualizado em: 03/Out/2019 às 11h25).
Governador em Exercício faz entrega de kit da Agricultura Familiar para a Central de Palmas Foto: Carlessandro Souza/Governo do Tocantins

O governador em exercício, Wanderlei Barbosa, entregou nesta quarta-feira, 2, durante a cerimônia de inauguração da Central de Distribuição de Produtos da Agricultura Familiar de Palmas o kit da Agricultura Familiar, composto por um caminhão baú refrigerado, um computador, uma impressora multifuncional, duas balanças, sendo uma de 30 kg e outra de 300 kg; uma mesa de escritório, duas cadeiras estofadas e paletes de polietileno.

O contrato de repasse foi firmado entre o Governo do Tocantins com o Ministério da Cidadania, via Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas). O investimento total do contrato é de mais de R$ 5,7 milhões de reais, entre verba federal e contrapartida do Governo do Estado.

Para Wanderlei Barbosa, é responsabilidade do Estado diminuir as desigualdades sociais. “Só teremos uma sociedade melhor se trabalharmos para que os benefícios cheguem à sociedade. Só assim vamos diminuir as desigualdades. O acesso à qualidade de vida é uma obrigação do Governo do Tocantins. Pensamos na divisão do recurso de forma a atender todos os municípios do estado, sem diferenças políticas. A população está acima de toda e qualquer diferença”, destacou.
O agricultor familiar Raimundo José Teixeira, 54 anos, vende hortaliças há 28 anos e disse que acha importante o apoio que o Governo do Tocantins está dando para os produtores rurais. “Estamos passando por uma grande dificuldade tendo que vender de porta em porta”, afirmou.

Waldimir Martins de Souza, de 42 anos, vende para o Compra Direta desde 2013. Levou para venda 500 kg de inhame. “Quero entregar toda cota”. Já o agricultor familiar Sebastião Delmondes, de 61 anos, estava entregando, ao Compra Direta, 500 kg de mandioca. “Sem duvida é uma boa venda, a gente entrega e recebe num volume só. Pode gradear e plantar de uma só vez o que gera economia”, ressaltou.

O secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, José Messias Araújo, destacou, mais uma vez, que os equipamentos vêm para beneficiar a agricultura familiar e a política de segurança alimentar e nutricional do estado. “Vem fortalecer o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), mais conhecido como Compra Direta e também as entidades que trabalham com pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional”, explicou.