Projeto de Lei de Laudecy Coimbra institui Semana Municipal de Valorização da Vida

  • 11/Set/2019 10h12
    Atualizado em: 11/Set/2019 às 10h15).
Projeto de Lei de Laudecy Coimbra institui Semana Municipal de Valorização da Vida Foto: Aline Batista/CM Palmas

Em razão ao Setembro Amarelo, mês de intensificação de campanhas em combate ao suicídio, a vereadora Laudecy Coimbra (SD) propôs ao Poder Executivo, a criação da Semana Municipal de Valorização da Vida. O projeto prevê a realização anual na semana que antecede o dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

Conforme a vereadora, a Semana de Valorização da Vida tem como finalidade a reflexão e a conscientização sobre essa temática, como também uma maneira de dignificar a vida no planeta em relação ao aumento do índicie de suicídios. “Nosso objetivo é prevenir e reduzir estes números para fortalecer ainda mais a campanha Setembro Amarelo que cresceu e conquistou o Brasil inteiro”, explicou Laudecy.
O projeto estabelece promover encontros com especialistas da área para debater o assunto, elaborar e distribuir cartilhas didáticas para órgãos públicos, além de capacitar servidores públicos para lidar com pessoas que tenham pensamentos suicidas.

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano. “Contudo, a adoção de uma Semana Municipal de Valorização da Vida fortalecerá a execução de ações relacionadas à reflexão e à conscientização sobre o assunto”, ressaltou a vereadora.


Estatísticas

Anualmente são registrados cerca de 12 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão no mundo, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio a cada ano no mundo e o número estimado de pessoas que tentam o suicídio é 20 vezes maior em relação aos que conseguem efetivar o suicídio.