Ourives de Natividade irão a Portugal para intercâmbio em jóias artesanais em filigrana

  • 06/Set/2019 10h37
    Atualizado em: 06/Set/2019 às 10h44).
Ourives de Natividade irão a Portugal para intercâmbio em jóias artesanais em filigrana Foto: Simone Camelo

Um sonho antigo está perto de se realizar. Através dos Editais de Seleção Pública de Culturas Populares do Governo Federal, anos de 2017 – Edição Leandro Gomes de Barros e 2018 – Edição Selma do Coco, os ourives nativitanos José Leal Pereira da Silva e Uardon Moreira da Cunha estarão visitando Portugal, para intercâmbio de 15 dias, nas cidades de Lisboa, Porto, Gondomar, Braga, Travassos e Viana do Castelo. O foco principal é a técnica da filigrana, que é destaque nas tradicionais joias confeccionadas em Natividade – Tocantins - Brasil. Eles estão sendo acompanhados pela ativista cultural Simone Camêlo Araújo.

A iniciativa da inscrição dos ourives José leal e Uardon foi uma ação da Ourivesaria Mestre Juvenal, projeto da Associação Comunitária Cultural de Natividade (ASCCUNA) – entidade sem fins lucrativos que conta com a colaboração voluntária de mestres ourives desde 1996.

Os ourives iniciaram suas atividades no começo do projeto da oficina escola em Natividade, como aprendizes do mestre Wal e do mestre Bisa, e desde então desenvolvem suas habilidades na mesma oficina e, atualmente, na condição de mestres ourives, repassam os conhecimentos recebidos a outros jovens da cidade, seguindo uma tradição local.

O objetivo do Edital de Seleção é apoiar mestres da cultura popular; no caso específico, está incentivando e dando oportunidade aos mestres ourives adquirir mais conhecimentos através de intercâmbio em visita a Lisboa e à região norte de Portugal, que trabalha com as mesmas técnicas utilizadas (com destaque da filigrana) e que são referência mundial. Serão realizadas visitas a oficinas de produção, escolas referências, bibliotecas, museus, arquivos históricos e pontos de vendas.

Conforme Simone Camelo, esse intercâmbio contribuirá significativamente nas suas atividades e também na ação voluntária atual de formação e capacitação a novas gerações. “A grande expectativa é que com a realização deste intercâmbio seja fortalecido o conhecimento histórico das origens e da influência portuguesa na localidade. Outros grandes legados do projeto é a democratização do saber e a melhoria das peças produzidas, resguardando-se a qualidade que ratifica a fama das jóias nativitanas”, ressalta.

O projeto busca reconhecer também que a comunidade é a maior protagonista pela transmissão da cultura popular. “Assim, os mestres ourives vão continuar desenvolvendo seus trabalhos de artesão e de transmissão do modo de fazer com mais qualidade em Natividade - Tocantins, região Norte do Brasil”, afirma Simone.

Filigrana

Filigrana é um trabalho ornamental feito de fios muito finos e pequeninas bolas de metal, soldadas de forma a compor um desenho. O metal é geralmente ouro ou prata. A filigrana foi utilizada na joalheria desde a Antiguidade greco-romana, sendo ainda empregada em grande variedade de objetos decorativos.