Em nota, PlanSaúde diz desconhecer motivos que levaram HOC se descredenciar

  • 17/Ago/2019 17h03
    Atualizado em: 17/Ago/2019 às 17h08).
Em nota, PlanSaúde diz desconhecer motivos que levaram HOC se descredenciar Foto: Reprodução internet

Acaba de chegar à nossa redação nota do Plansaúde, prestando esclarecimentos sobre descredenciamento do Hospital Osvaldo Cruz, dizendo desconhecer os motivos que o levaram a fazê-lo, e tranquiliza aos pacientes que se encontram internados naquela unidade de saúde. Veja íntegra da nota.

Nota Plansaúde

"O Plansaúde informa que até o momento desconhece os motivos que levaram o Hospital Oswaldo Cruz a emitir nota pública de descredenciamento sem fazê-lo oficialmente ao Plansaúde. De qualquer forma, informamos que até que tenhamos tal pedido feito oficialmente pelo hospital todos os pacientes internados ou em tratamento devem ser atendidos normalmente até a alta hospitalar.

Destacamos que nossos usuários não ficarão desassistidos. Contamos com outras seis unidades hospitalares em pleno funcionamento para atender o beneficiário do Plansaúde, em Palmas.

São eles: Hospital da Unimed, Hospital Santa Thereza, Hospital Medical Center, Instituto Ortopédico de Palmas (IOP), Hospital Cristo Rei e Hospital Monte Sinai. Destacamos que o Hospital Santa Tereza, a Unimed e o Hospital Monte Sinai realizam atendimento de urgência e emergência.

Aproveitamos a oportunidade para comunicar aos nossos beneficiários que o Plansaúde já está passando por um processo de grande revitalização onde o foco é melhorar a qualidade da prestação de serviços aos usuários e uma melhor adequação da rede que, por consequência, dará ao Plansaúde um maior equilíbrio econômico financeiro.

Estamos fazendo um redimensionamento da nossa rede para que possamos fiscalizar e auditar melhor todos os prestadores. Com isso, buscamos qualidade e melhor atendimento para os nossos usuários.

Finalizamos agradecendo o Hospital Oswaldo Cruz pelos relevantes serviços prestados aos nossos beneficiários durante tantos anos. Novos prestadores interessados em integrar a rede de assistência poderão se credenciar baseado no novo credenciamento que se encontra publicado. Os documentos para novos prestadores poderão ser entregues partir desta segunda-feira, 19".