Tocantinenses investem na geração de energia solar

  • 29/Jul/2019 10h12
    Atualizado em: 29/Jul/2019 às 10h13).
Tocantinenses investem na geração de energia solar Foto: Divulgação

Com um grande potencial na geração de energia solar, o Tocantins tem despertado cada vez mais o interesse dos moradores pela instalação do sistema fotovoltaico nas residências. Por meio de placas solares, a produção de energia sustentável reduz os gastos de energia elétrica e a emissão de gás CO2. Além disso, na capital tocantinense a iniciativa pode gerar descontos no IPTU através do Programa Palmas Solar, e para quem planeja fazer financiamentos a fim de adquirir o sistema em sua residência, alguns bancos já oferecem condições facilitadas.

Muitos moradores da capital estão investindo na geração dessa energia limpa, sustentável e renovável. Um dos condomínios que já apostou nessa economia é o Caribe Residence e Resort, localizado no setor Costa Dourada, na região norte de Palmas, e já conta com várias residências que possuem placas solares instaladas, utilizando energia limpa e renovável.

Segundo um dos sócios do empreendimento, Gil Barison, adotar a geração de energia solar no Caribe é um passo importante para a sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. “Estamos satisfeitos por nossos moradores seguirem esse caminho da sustentabilidade. Sempre incentivamos iniciativas que buscam a preservação do meio ambiente e essa é a prova de que a conscientização pode transformar as atitudes do ser humano”, destaca.

Investimentos

Dentre os investimentos na capital, até mesmo escolas foram beneficiadas com a iniciativa sustentável, como é o exemplo da Escola de Tempo Integral (ETI) Almirante Tamandaré, localizada na Arse 132. Em 2017, a unidade recebeu 160 placas solares com potencial de produzir 44 kWp (Quilowhatts-pico) capazes de gerar uma economia equivalente a cerca de R$ 5 mil por mês.

Indústria

Atualmente, o Governo do Estado, juntamente com empresários planeja implantar uma indústria de placas fotovoltaicas no Tocantins. Acredita-se que com a instalação serão gerados 300 empregos diretos pelo potencial que a empresa possuirá. (Jornalistas Sarah Pires e Kezia Noa)