Seagro apresenta balanço das ações no primeiro semestre com resultado positivo da produção rural

  • 19/Jul/2019 16h58
    Atualizado em: 19/Jul/2019 às 17h03).
Seagro apresenta balanço das ações no primeiro semestre com resultado positivo da produção rural Foto: Juliano Ribeiro/Governo do Tocantins

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) faz um balanço das ações realizadas no primeiro semestre de 2019, e apresenta uma avaliação positiva. A difusão de conhecimento e tecnologias traz uma ótica favorável sobre a produção rural tocantinense. O bom desempenho da pecuária, agricultura e aquicultura e dos demais setores do agronegócio, fomentados pelo Governo do Tocantins, por meio da Seagro, confirma que grande parte da riqueza originada no Estado, possui raízes na produção rural.

Agrotins

A 19ª edição da Agrotins trouxe resultados positivos para a produção rural tocantinense. No período de 7 a 11 de maio, recebeu mais de 150 mil visitantes, contribuindo para a movimentação de R$$ 2,5 bilhões em volume de negócios, ultrapassando em mais de 18% o montante total da edição passada. Neste ano a feira foi ampliada em 30% na sua estrutura para atender a participação de 710 expositores e parceiros com mostra de produtos e serviços ao setor agropecuário.
Para repasse de informações, foram realizadas cerca de mil atividades de capacitação, dentre palestras, clínicas tecnológicas, dinâmicas e dias de campo. Para repasse de informações, foram realizadas mais de mil atividades de capacitação, dentre palestras, clínicas tecnológicas, dinâmicas e dias de campo, sendo capacitadas mais de 10 mil pessoas, em diversos temas.

Na 19ª edição da feira, a Seagro e o Ruraltins mobilizaram 114 caravanas de agricultores familiares de todo o estado, com a participação de 4.173 produtores rurais, dos 139 municípios do Tocantins, quando os mesmos tiveram a oportunidade de participar de diversos eventos tecnológicos (clínicas tecnológicas, dia de campo e minicursos).

Durante a Feira o público teve oportunidades de obter informações e de realizar bons negócios nos diversos setores do agronegócio, por meio das vitrines tecnológicas, pavilhões da pecuária e da agricultura, feira de touros, projetos de agroindústrias sustentáveis voltadas para o setor rural, praça do leite, vitrine de carnes, culinária, circuito do peixe, cursos, mini cursos, como funcionam as estações agrometeorológicas, oficinas de pilotagem de drones, distribuição de cartilhas e muitas outras atividades, que constaram na programação do evento.

Grãos

Para a Safra 2018/2019, a produção de grãos prevista para o estado do Tocantins deverá ultrapassar 4.755 mil toneladas, valor 3,8% superior ao da safra anterior.
A soja continua sendo destaque, com produção estimada em mais 3,3 milhões de toneladas seguido do milho que esse ano vai ultrapassar 1,1 milhões de toneladas, com grande destaque na segunda safra que tem produção prevista para mais de 900 mil toneladas, 69% superior em relação à safra passada.
Já o arroz, tem perspectiva de produção de mais de 623 mil toneladas, principalmente nas áreas de várzeas.

Os dados são do 9º levantamento da Safra de grãos 2018/2019, divulgado em junho pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Pecuária

Com objetivo de dar continuidade aos trabalhos realizados para fomentar a atividade pecuária, a Seagro realizou, no período de janeiro a junho, diversos eventos, participando com ações em eventos realizados por parceiros.

O Tocantins é um dos estados brasileiros com maior tradição na criação de bovinos de corte, contando, atualmente, com um rebanho de 8 milhões de animais, distribuídos em todas as regiões do estado. O rebanho do Tocantins destaca-se não apenas pela quantidade, mas também pela qualidade dos animais e da carne produzida.

Aquicultura

Atendendo solicitações da iniciativa privada, o Governo do Tocantins, por meio da Seagro, conseguiu, com forte gestão, a aprovação no Coema da liberação para produção da tilápia no lago Luís Eduardo Magalhães. A Seagro solicitou ainda licença de operação dos Parques Aquícolas do Estado e a liberação de mais recursos para investimentos no setor, estão em analise junto às instituições responsáveis.

Além disso, a Seagro, que é gestora na Câmara Setorial da Piscicultura (CSP), atou, por meio desta, em defesa da isenção do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) nas operações internas e interestaduais de pescados.

CSP

Fórum organizador do setor piscícola e promotor do desenvolvimento sustentável com qualidade, inovação e equidade com premissas de Responsabilidade Social e o Desenvolvimento Setorial Sustentável no Tocantins. O instrumento consultivo no estado do Tocantins está oficializado através da publicação do DOE 5.358 de 15 de maio através da Portaria nº 36.

Construção de frigoríficos

O Governo do Tocantins, por meio da Seagro, e em parceira com Banco Mundial, está construindo matadouros frigoríficos de bovinos em oito e municípios do estado: Ananás, Arapoema, Araguanã, Campos Lindos, Novo Acordo, Ponte Alta do Bom Jesus, Wanderlândia e Barrolândia. Cada unidade terá capacidade para abater até 50 cabeças de bovinos por dia.

A ação é uma antiga reivindicação dos moradores das regiões citadas e visa garantir segurança alimentar eliminando furto de gado e o abate clandestino, prática ainda utilizada em vários municípios tocantinenses, em função disso a Seagro lançará ainda este ano o Programa Pecuária Familiar.

Projeto

Os recursos para construção dos matadouros frigoríficos na ordem de R$ 18 milhões, são provenientes do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), na modalidade infraestrutura e cadeias de produção com financiamento do Banco Mundial. Esta modalidade do PDRIS é executada pelo Governo do Tocantins, por meio das secretarias da Fazenda, Infraestrutura, Cidade e Habitação e Seagro.

SIM

Neste primeiro semestre, a equipe da Seagro implantou o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), em mais uma agroindústria do estado, desta vez no município de Bandeirantes do Tocantins. Em 2015, o Tocantins tinha SIM’s implantados em 75 municípios, atualmente o serviço está implantado em 110 municípios.

O Serviço de Inspeção Municipal inspeciona, registra e fiscaliza a produção e a qualidade dos produtos de origem animal, como embutidos cárneos, pescados, leite, ovos e mel e seus derivados, monitorando e inspecionando a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando os produtos com selo de garantia.

Também possibilita que as pequenas empresas e os empreendedores saiam da clandestinidade, transformando-os em microempresários da área urbana e rural e oferecendo, aos consumidores, alimentos com qualidade e segurança garantidos.

Plano ABC

O Plano ABC é uma política pública que apresenta o detalhamento das ações de mitigação e adaptação às mudanças do clima para o setor agropecuário. De 2012 a 2018 foram realizados 226 eventos, com a participação de 21.704 pessoas, totalizando 3.221h de treinamentos.

A Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC) tem como objetivo incentivar a adoção de tecnologias agropecuárias sustentáveis que contribuam para a redução das emissões de gases de efeito estufa e ajudem na preservação dos recursos naturais, aumentando a produção e gerando renda sem comprometer o meio ambiente, viabilizando, assim, qualidade de vida para as próximas gerações.

Agricultura familiar

Para o investimento no campo, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) disponibilizou R6,4 milhões, no período de 2002 a 2011, beneficiando 3.820 famílias de agricultores, em virtude de várias atividades realizadas pelo Governo do Estado, por meio da Seagro.

De janeiro a junho de 2019, a Seagro realizou visitas técnicas a diversos assentamentos nos municípios de Brasilândia, Gurupi, Nazaré, Riachinho, Dois Irmãos, Porto Nacional, Pindorama, Almas, Novo Jardim, Araguatins, Aguiarnópolis, Wanderlândia e Rio dos Bois, totalizando 309 famílias, com o objetivo de acompanhar e monitorar os projetos do Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) e entrega do Diagnóstico Rural Participativo (DRP).

Segundo dados da Seagro, no Tocantins 721 famílias de pequenos produtores rurais estão em dia com o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).
O Secretário de Estado da Agricultura, César Halum, afirmou que além das ações realizadas sob a organização de seus diretores, a Seagro se desatacou na articulação com todas as instituições ligadas ao agronegócio. “Hoje é visível o bom relacionamento do setor público com o privado, com associações e cooperativas. Temos canal livre com troca de informações com o governo”, afirmou.

Ainda, segundo o secretário outro ponto de vital importância é o alinhamento entre as diversas pastas do governo, a exemplo da parceira entre Seagro e Sefaz, no que diz respeito às políticas tributárias no Governo. “As articulações entre estas pastas têm sido realizadas em perfeita harmonia”, destacou.