Parceria entre PM e escola leva momento cívico e roda de conversa para alunos da região sul da capital

  • 20/Jun/2019 16h45
    Atualizado em: 20/Jun/2019 às 16h49).
Parceria entre PM e escola leva momento cívico e roda de conversa para alunos da região sul da capital Foto: Divulgação/PMTO

O evento foi idealizado por policiais militares do 6º BPM e aconteceu nesta terça-feira, 18, movimentando o dia dos alunos da Escola Municipal Maria Júlia, no setor Aureny III, em Palmas. Além do momento cívico realizado às 8h00 com a presença dos policiais militares, a patrulha escolar organizou uma roda de conversa com alunos de várias turmas da unidade escolar.

No primeiro momento, sob a coordenação do capitão Osinei Freire, que iniciou o momento cívico, com o hasteamento do Pavilhão Nacional com a participação de alunos e militares, estando a tropa em forma e os alunos em posição de respeito em frente o mastro da escola. Logo em seguida, o capitão Freire falou aos alunos sobre a importância do civismo e cultuar os valores, enfatizando o respeito às autoridades e as normas constituídas, tendo a família e a escola como bases para a moldagem do comportamento e do caráter.

Em parceria com o momento, a senhora Neide Aparecida, advogada e doutoranda com tema de pesquisa: “Cyberbullying: práticas e consequências da violência virtual da escola”, explanou sobre as consequências do cyberbullying no âmbito escolar, orientando sobre o devido uso das redes sociais e o cuidado com as drogas.

Logo em seguida, a Patrulha Escolar do 6° BPM envolveu cerca de 750 alunos das turmas do 5°, 6°, 7°, 8° e 9° anos em uma roda de conversa. A iniciativa faz parte do Projeto Roda de Conversa com a Patrulha Escolar, em que policiais militares discutem com alunos de diversas escolas locais sobre temas relacionados à conduta e comportamento social. Atitudes corretas de cuidados com a organização da sala de aula e com a manutenção das instalações da escola são incentivadas, contribuindo com a preservação do patrimônio público. O foco é o enfrentamento às drogas e os perigos do aliciamento à criminalidade, o resgate dos valores morais, do civismo e do patriotismo.

O Diretor da Unidade Escolar, Elis Raik, concluiu agradecendo a participação do 6° Batalhão e sua iniciativa em priorizar o ambiente escolar para a realização dessa importante ação de civismo e cidadania. "A parceria do 6° Batalhão com a Escola Maria Júlia tem fortalecido muito a luta contra os males sociais a que estão expostos nossas crianças e adolescentes. Família, escola e PM pode agregar muito mais se trabalharem juntos!", ressaltou.

Para o comandante do 6º BPM, tenente-coronel João L. de Souza Nascimento, enfatizou a importância da aproximação da PM com a comunidade em que está inserida. “A PM frequentando o dia-a-dia escolar aproxima e gera confiança de crianças e adolescentes no trabalho realizado pelo Batalhão. Os jovens podem com o policial militar para garantir a segurança”.