Comprovação da vacinação antiaftosa segue até 10 de junho

  • 06/Jun/2019 10h07
    Atualizado em: 06/Jun/2019 às 10h11).
Comprovação da vacinação antiaftosa segue até 10 de junho Foto: Delfino Miranda/Governo do Tocantins

A vacinação do rebanho de bovídeos (bovinos e bubalinos) foi encerrada no Tocantins no dia 31 de maio, porém, a declaração do ato também é obrigatória e precisa ser realizada até o dia 10 de junho, nas unidades da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) de qualquer município. É preciso levar a nota fiscal da compra da vacina e a carta-aviso com dados atualizados sobre todas as espécies de animais existentes na propriedade.

Nessa etapa, a expectativa é de que 8,5 milhões de animais tenham recebido a dose da vacina. É preciso ficar atento, pois a omissão em vacinar o gado acarreta multa no valor de R$ 5,32 por animal e caso não declare, o valor é de R$ 127,69 por propriedade rural. "Com o sistema informatizado é possível localizar os faltosos e notificá-los sobre multas e sanções. Em seguida, agendamos a vacinação acompanhada ou assistida para garantir a vacinação de 100% do rebanho tocantinense", explica o responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, João Eduardo Pires.

O Tocantins ocupa o 11° lugar no ranking de bovinos no país. Este ano, foi adotada a nova vacina de 2 ml e já está sendo feito um trabalho de conscientização sobre os próximos passos para retirada da vacinação contra a enfermidade, prevista para ocorrer em 2021. "Tudo que fazemos refletirá nos nossos resultados futuros; o comprometimento de todos é necessário e precisamos evoluir o status sanitário e cumprir todas as exigências para concretizarmos essa conquista", destaca.

A próxima etapa da campanha ocorrerá de 1° a 30 de novembro, mas somente para os bovídeos de até 24 meses de idade.