Universidade da Maturidade participa de audiência pública na CAS do Senado Federal

  • 30/Mai/2019 18h48
    Atualizado em: 30/Mai/2019 às 18h52).
Universidade da Maturidade participa de audiência pública na CAS do Senado Federal Foto: Assessoria/UMA

Os acadêmicos da Universidade da Maturidade (UMA) - Programa de Extensão da Universidade Federal do Tocantins (UFT) – juntamente com o coordenador do programa, Luiz Sinésio Neto, participaram nesta quinta-feira, 30, no Senado Federal, de uma audiência pública.

A audiência, organizada pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), teve por finalidade debater sobre a relevância da instituição, por Projeto de Lei, da Semana Nacional da Pessoa idosa.

Em sua fala, Neto destacou a UMA como referência em tecnologia social. "Participar desta audiência foi uma importante oportunidade de apresentar a UMA ao senado federal e aos debatedores presentes, colocando o programa como protagonista do debate das políticas públicas para idosos no Brasil".
O acadêmico Manoel do Nascimento, 57 anos, destacou que a Semana Nacional do Idoso será muito relevante. "Irá trazer tudo pra nós, somos esquecidos pela população, com ela teremos voz".

Semana Nacional da Pessoa Idosa

Uma das justificativas é que a população idosa deverá dobrar no Brasil até o ano de 2042, segundo projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A proposta é que seja comemorada na primeira semana de outubro.

"A Semana Nacional da Pessoa Idosa é uma oportunidade de dar destaque às questões dessa camada da população, da assistência aos idosos e de sua integração e participação na sociedade", disse Marcelo Castro, autor do requerimento para realização da audiência.

Além da UMA, a CAS reuniu outros debatedores, como o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa; Fiocruz; da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia; Ministério da Saúde; Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; além da Defensoria Pública do Distrito Federal. O senador Eduardo Gomes, atual presidente da Subcomissão da Pessoa Idosa no Senado, também esteve presente.